UAI
Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Governo reduz IPI em até 25% para maioria dos produtos industrializados

Presidência vê medida como estímulo e incentivo para o que chamou de 'reindustrialização'


25/02/2022 21:31 - atualizado 25/02/2022 21:38

Ministro Paulo Guedes
Decreto estabelece dois percentuais de redução: 18,5% para alguns veículos e 25% para produtos industrializados nacionais e importados, exceto os nocivos à saúde (foto: EVARISTO SA / AFP)
O Governo Federal editou um decreto que reduz o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) em até 25% para a maioria das mercadorias. A decisão está publicada na edição desta sexta-feira (25/2) do "Diário Oficial da União" e prevê redução do imposto em automóveis, além de eletrodomésticos da chamada linha branca, como refrigeradores, freezers, máquinas de lavar roupa e secadoras.

 

De acordo com a União, essa medida estimulará a economia, incentivará a "reindustrialização" do país, mas o governo deixará de arrecadar R$ 19,5 bilhões neste ano. O corte foi anunciado nesta semana pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

 

Nesta sexta, o Ministério da Economia se pronunciou sobre o assunto por meio de nota. Justificou que a indústria brasileira tem perdido competitividade. E destacou que a redução da carga tributária auxiliará na "correção da má alocação dos recursos produtivos e na elevação do nível de produção no longo prazo".

 

"Dessa forma, a redução do IPI se soma às medidas de incentivo à retomada da economia e à ampliação da produtividade que estão em curso no país, contribuindo para a dinamização da produção e, consequentemente, da geração de empregos e renda", disse o ministério.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade