UAI
Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Preços de exames de COVID nos laboratórios de BH sobem até 5,16%

Exames de rotina também subiram em seis meses; houve variações de até 276% nos valores cobrados pelos laboratórios


10/01/2022 13:30 - atualizado 10/01/2022 20:27

Fachada do Hospital Life Center em BH
Pronto atendimento de hospitais particulares (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Pesquisa do Site Mercado Mineiro aponta que houve um aumento nos preços dos exames de COVID-19 e outros exames laboratoriais entre 5 e 7 de janeiro, em Belo Horizonte. Os consumidores devem ficar atentos às diferenças de preços entre os laboratórios da capital.
  
 
O preço médio do teste de COVID nasofaringe registrou a maior alta no período, passando de R$ 230,54 para R$ 242,45, um aumento de 5,16%. 
 
Exames de rotina também registraram aumento de preços. Confira:
 
- Glicose: subiu de R$ 10,84 para R$ 11,32, alta de 4,46%
- Triglicérides: de R$ 12,47 para R$ 13,02, aumento de 4,43%
- Fezes Parasitológico: de R$ 13,40 para R$ 14, um reajuste de 4,48%
- Creatina: de R$ 11,06 para R$ 11,48, alta de 3,75%
- Ureia: de R$ 10,93 subiu para R$ 11,35, aumento de 3,84%.
 
Em contrapartida, a pesquisa aponta dois tipos de exames que sofreram queda na média de preço no mesmo período.

- Exame Toxicológico: de R$ 221,44 caiu para R$ 213,11, redução de 3,76%.
- Teste Sorológico de COVID: de R$ 129,99 para R$ 128,68, queda de 1%.
 
O levantamento do site Mercado Mineiro, mostra também a variação de preços dos exames nos laboratórios de BH.
 
As variações chegam a 275%, caso do exame Covid Antígeno - Ag (Swab Nasal), que pode custar de R$ 40 até R$ 150. O exame Covid Sorológico custa de R$ 79,90 até R$ 200, com uma variação de 150%. Já o exame de Covid Nasofaringe pode ser  encontrado por R$ 169,90 até R$ 350, com diferença de 106% entre laboratórios.
 
Outros exames mais procurados também têm grande diferença de valores, como o de colesterol total, que pode custar de R$ 15 até R$ 56,50, com uma variação de 276%. Proteínas totais custa de R$ 8 até R$ 30, variando 275%; e hemograma completo, de R$ 13 a R$26, variando 100%. 
 
Há também grande variação nos preços entre os laboratório nos exames de PSA, que custam de R$ 30 até R$ 99, com uma variação de 230%.
 
No caso dos preços da vacina Gripe Influenza (Tetravalente), laboratórios cobram de R$ 30 até R$ 80, diferença de 166%.
 
*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade