UAI
Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Guedes atribui preço do gás à demora do Congresso sobre marco regulatório


15/12/2021 18:09

O ministro da Economia, Paulo Guedes, atribuiu nesta quarta-feira o preço elevado do gás à demora da aprovação no Congresso do marco regulatório do combustível. "Aprovaram o marco do gás há dois meses. Como, por milagre, o gás vai ficar mais barato se o projeto ficou dois anos parado lá?", afirmou Guedes durante encontro com empresários na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Ele acrescentou que a reindustrialização do Brasil depende de energia barata, e este é o objetivo do governo. Além de repetir que o Brasil será a maior fronteira de investimentos do mundo, Guedes disse que o País já tem "bilhões e bilhões" investidos em economia verde.

Ao lado de Guedes no encontro com empresários, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse estar "extremamente animado" com o marco rodoviário, enquanto o marco ferroviário deve baratear custos, assim como o aumento da oferta de cabotagem.

"Por que as linhas ferroviárias só tinham que ser estatal e não privada?", questionou o ministro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade