UAI
Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

EUA: Câmara dos Representantes aprova lei que mantém fundos do governo até fevereiro


02/12/2021 22:03

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira, 2, uma extensão do financiamento do governo até 18 de fevereiro para evitar uma paralisação parcial neste fim de semana, mas um bloqueio no Senado por conta das regras de vacinação ameaçou retardar o andamento do projeto de lei. A votação foi de 221 a 212.

Com o financiamento atual definido para expirar às 0h01 no sábado, 4 de dezembro, a legislação também tem que ser aprovada rapidamente no Senado para evitar uma paralisação. Os principais democratas e republicanos chegaram a um acordo sobre os termos da extensão no início desta quinta-feira. No entanto, alguns republicanos estão pressionando para alterar o projeto de lei de modo que impeça o governo do presidente Joe Biden de promulgar regras que exigem que muitos empregadores garantam que seus trabalhadores sejam vacinados ou testados semanalmente para a covid-19.

Os legisladores do Partido Republicano estão pressionando por um limite de maioria simples na votação da emenda, em vez de um limite de 60 votos, na esperança de ganhar o apoio de um democrata na câmara de 50-50. O senador Joe Manchin, que anteriormente votou contra uma emenda semelhante, disse hoje que estava considerando a questão. Ainda assim, os principais líderes de ambos os partidos disseram na quinta-feira que estavam confiantes de que a disputa não levaria ao fechamento do governo.

Uma paralisação provocaria licenças para centenas de milhares de trabalhadores federais, mas funções críticas como operações militares e pagamentos de benefícios continuariam. Antes do acordo de quinta-feira, republicanos e democratas haviam discutido sobre a duração do pacote de gastos, enquanto os democratas buscavam uma prorrogação mais curta e os republicanos pressionavam por uma mais longa. Alguns republicanos veem a extensão do financiamento atual, que foi definido no governo de Donald Trump, como uma forma de evitar que os democratas estabeleçam novos níveis de gastos para programas federais. Fonte: Dow Jones Newswires.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade