UAI
Publicidade

Estado de Minas APÓS REFORMA

Aeroporto Regional do Vale do Aço volta a operar voos para BH

O aeródromo ficou fechado por mais de um ano; serão realizados cinco voos por dia


01/12/2021 13:11 - atualizado 01/12/2021 13:17

vista geral do aeroporto regional do Vale do Aço
Os voos são operados pela companhia Azul (foto: Filipe Pereira)

O Aeroporto Regional do Vale do Aço, localizado em Santana do Paraíso, voltou a funcionar nesta quarta-feira (1/12). O aeródromo estava fechado desde maio de 2020, por conta da pandemia, e permaneceu paralizado neste ano para receber reformas.
 
Uma solenidade na manhã desta quarta-feira marcou a retomada dos voos. O aeroporto recebeu restauração na pavimentação da pista de pouso e decolagem e sinalização horizontal. De acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), os recursos para os serviços foram de R$13,2 milhões. 

autoridades participam de solenidade que marcou a retomada dos voos
Uma solenidade marcou a retomada do aeroporto na região (foto: Filipe Pereira)
A Azul, única companhia aérea que opera no aeroporto do Vale do Aço, informou que os voos serão realizados cinco vezes por dia, com capacidade para até 70 passageiros, tendo a capital mineira como único destino. 
 
“Toda a população do Vale do Aço estava aguardando a retomada do aeroporto, isso traz a democratização do transporte aéreo. Estamos em contato com a Azul para tentar melhorar as tarifas”, afirmou o prefeito de Santana do Paraíso, Bruno Morato.
 
Ainda de acordo com o prefeito, o aeroporto precisa ainda receber alguns ajustes para que ele suba de categoria e tenha condição de ter mais pousos e decolagens. “Assim poderemos trazer outras companhias aéreas porque, para a economia, a concorrência é salutar”, frisou. 
 
Sobre os equipamentos do aeródromo, o Governo de Minas informou, em nota, que sempre manteve o Serviço de Salvamento e Combate a Incêndio (SESCINC) e a estação Permissionária de Telecomunicações Aeronáuticas (EPTA) em funcionamento.
 
“Mesmo considerando que, conforme regulamentação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), não é obrigatória a presença do equipamento, por ter movimentação menor que 200 mil passageiros por ano, o aeroporto retoma no dia 01/12/2021 suas operações com um caminhão contra incêndio (CCI) operacional, com brigada de incêndio já contratada pela Infraero, e com o EPTA operacional, no modo automático (ERAA), até a conclusão da licitação para contratação do efetivo que irá operar presencialmente a EPTA”, destaca trecho da nota. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade