UAI
Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Setor de serviços puxa desempenho do Caged, com criação de 180.660 postos formais

Já a indústria geral abriu 72.694 vagas em agosto, enquanto houve um saldo de 32.005 contratações líquidas na construção.


29/09/2021 10:52 - atualizado 29/09/2021 15:33

None
(foto: Agência Brasil )

A abertura líquida de 372.265 vagas de trabalho com carteira assinada em agosto no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foi novamente puxada pelo desempenho do setor de serviços no mês, com a criação de 180.660 postos formais, seguido pelo comércio, que abriu 77.769 vagas.

Já a indústria geral abriu 72.694 vagas em agosto, enquanto houve um saldo de 32.005 contratações líquidas na construção.



Na agropecuária, foram criadas 9.232 vagas no mês.

Unidades da Federação

No oitavo mês do ano, todas as 27 Unidades da Federação obtiveram resultado positivo no Caged.

O melhor desempenho foi registrado em São Paulo novamente, com a abertura de 113.836 postos de trabalho.

Já o menor saldo foi o do Acre, que registrou a criação de 346 vagas em agosto.

Salário médio

O salário médio de admissão nos empregos com carteira assinada caiu de R$ 1.817 em julho, para R$ 1.792 em agosto, o menor valor dos últimos 12 meses.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade