Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

BC retira do comunicado sinal 'normalização parcial' referente à próxima reunião


16/06/2021 19:19

Com o avanço da inflação no Brasil, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central retirou de seu comunicado a expressão "normalização parcial" do estímulo monetário, ao se referir às ações para sua próxima reunião, marcada para 3 e 4 de agosto.

No encontro encerrado nesta quarta-feira, 16, o colegiado decidiu elevar a taxa em apenas 0,75 ponto porcentual, aos 4,25% ao ano. No mercado financeiro, no entanto, a expectativa de retirada da expressão "normalização parcial" era praticamente unânime, após os dados mais recentes de inflação.

Porém, no comunicado o BC sinalizou a intenção de promover nova elevação de 0,75 ponto porcentual da Selic no próximo encontro do Copom de agosto - e não de 1,00 ponto porcentual, como parte do mercado esperava em função da retirada da expressão.

Ao tratar do próximo encontro, o Copom afirmou que "antevê a continuação do processo de normalização monetária com outro ajuste da mesma magnitude".

"Contudo, uma deterioração das expectativas de inflação para o horizonte relevante pode exigir uma redução mais tempestiva dos estímulos monetários. O Comitê ressalta que essa avaliação também dependerá da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e de como esses fatores afetam as projeções de inflação", acrescentou o BC.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade