Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Importação mostra desempeno acima do esperado; superávit previsto pode cair


01/06/2021 17:38

O subsecretário de Inteligência e Estatísticas de Comércio Exterior, Herlon Brandão, disse nesta terça-feira que as importações brasileiras têm tido desempenho levemente acima do esperado pelo governo, o que pode levar o País a registrar um saldo menor em 2021. Até agora, a previsão para o ano é de um superávit de US$ 89,4 bilhões. O número deve ser revisado no mês que vem.

Em maio, as importações registraram aumento de 57,4% na média diária em relação a igual mês de 2020. O resultado é fruto de altas tanto na quantidade importada quanto no preço.

Segundo Brandão, a pandemia tem impulsionado a demanda interna por meio da aquisição de bens em detrimento de serviços. "Isso se reflete em aumento da demanda por bens importados", disse.

O subsecretário explicou ainda que a demanda brasileira por importados é muito concentrada em insumos para a produção. Por isso, esse desempenho acaba funcionando como um antecedente para a atividade econômica.

"Primeiro se importa insumos, depois se consome esses bens finais. Isso sinaliza melhora (da atividade) para próximos meses", disse.

Em relação às exportações, Brandão explicou que a demanda externa tem crescido na esteira da recuperação econômica dos principais parceiros comerciais do Brasil, como China, Estados Unidos e Argentina.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade