Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

'Eleição vai ser decidida ao centro, não por candidato de centro', diz Esteves


26/05/2021 20:43

Mesmo com a tendência de uma disputa binária entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições do ano que vem, o banqueiro André Esteves, sócio sênior do BTG Pactual, vê uma tendência de moderação das agendas dos dois potenciais candidatos na busca por votos do centro.

"Apesar de os candidatos que são hoje favoritos serem de polos antagônicos, a eleição vai ser decidida ao centro, não necessariamente por um candidato de centro", comentou Esteves em painel de encerramento do fórum realizado pelo BTG.

Ele disse que dificilmente um candidato conseguirá vencer a eleição sem assumir compromissos com o eleitor de centro, decisivos no resultado da eleição por corresponderem a cerca de 40% da população. "Difícil vencer a eleição sem fazer esse contrato social."

A expectativa, pontuou Esteves, é de que a racionalidade prevaleça nas eleições do ano que vem, a exemplo da lógica que, em sua visão, vem permitindo o avanço da agenda de reformas no Congresso. "As reformas são uma conquista apartidária, são uma conquista da racionalidade", assinalou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade