Publicidade

Estado de Minas Comunicação

Menin é novo dono da Itatiaia

Negociação concluída ontem foi antecipada com exclusividade pelo EM na quarta-feira.


14/05/2021 04:00 - atualizado 14/05/2021 00:18

Sem revelar valor da negociação, Rubens Menin, que é controlador da CNN Brasil diz que empresas vão continuar separadas (foto: Alexandre Resende/Divulgação - 4/12/18)
Sem revelar valor da negociação, Rubens Menin, que é controlador da CNN Brasil diz que empresas vão continuar separadas (foto: Alexandre Resende/Divulgação - 4/12/18)

A Rádio Itatiaia confirmou, na manhã de ontem, a compra da emissora pelo empresário Rubens Menin, fundador da MRV Engenharia e controlador da CNN Brasil. A informação foi antecipada com exclusividade pelo Estado de Minas na noite de quarta-feira. A venda foi oficialmente anunciada pelo apresentador José Lino, no Programa Rádio Vivo, em uma mensagem lida pelo jornalista Eduardo Costa. Segundo Costa, Menin adquiriu 100% da emissora. O valor da negociação não foi revelado.

O novo dono da Itatiaia e o atual CEO da empresa, Emmanuel Carneiro, participaram da transmissão. "Comecei na Itatiaia aos 13 anos, completei 78 no fim de abril. A família Carneiro está se afastando da direção. Estou feliz por transferi-la a um mineiro de coração, comprometido com a missão de perpetuar este legado de 70 anos”, disse Carneiro, que comanda o veículo desde 1994. Mais cedo, por volta de 9h, a notícia foi comunicada aos funcionários da rádio por meio de videoconferência.

“A gente espera poder continuar esse trabalho. Tenho a intenção de engajar Minas por meio de um jornalismo ético, contribuindo para uma sociedade melhor”, comentou o fundador da MRV. Rubens Menin contou que o agora antigo presidente da Itatiaia, Emanuel Carneiro, estava pensando em se aposentar. Com isso, o empresário viu a oportunidade de adquirir a rádio, a qual classificou como um “patrimônio mineiro”. Menin revelou que as conversas foram rápidas, durando apenas 30 dias.

“Ela (Itatiaia) é muito importante para Minas Gerais, para o jornalismo de Minas Gerais. Ela tem que ser preservada. A Itatiaia é um patrimônio mineiro. Como o Emanuel já estava pensando em se aposentar – e a gente respeita muito o trabalho dele -, apareceu essa oportunidade, importante para Minas”, disse Rubens. Ainda de acordo com Rubens, a Itatiaia não deve ter mudanças. No entanto, o empresário descartou uma sinergia da produção da rádio com a CNN Brasil. “Não, são duas empresas totalmente diferentes. Cada uma tem uma pegada, cada uma tem seu público e sua área de atuação. Então elas são independentes.”

Empresário 


Um dos fundadores da MRV Engenharia, Rubens Menin é presidente do conselho da construtora, além de conselheiro e um dos principais investidores do Atlético. O empresário integra o chamado grupo dos 4 Rs, formado ainda por Ricardo Guimarães, do Banco BMG, Renato Salvador, da rede de hospitais Mater Dei, e Rafael Menin, presidente da MRV. Os quatro integram o colegiado que auxilia a administração do Atlético na gestão do presidente Sérgio Coelho. Rubens Menin é o principal credor do clube alvinegro e começou a investir garantindo pagamento de dívidas e até de parte do salário dos jogadores, desde o mandato de Sérgio Sette Câmara.

Segundo dados divulgados pelo Atlético, no Galo Business Day, a dívida do clube com a família Menin chega a R$ 330 milhões. Do R$ 1,209 bilhão devido pelo Atlético, R$ 435,240 milhões (36%) são referentes a empréstimos contraídos com três empresários: Ricardo Guimarães (Banco BMG), Rubens Menin e Rafael Menin (MRV Engenharia).

Imparcialidade 

Apesar da ligação com o Atlético, Menin garantiu que sua relação com o clube alvinegro não vai interferir na cobertura esportiva da emissora.”A Itatiaia será do Atlético, do Cruzeiro, do América e do futebol mineiro como um todo, como ela sempre fez. Imparcial. Não vai ter preferência de um ou outro”, afirmou, em entrevista ao Estado de Minas. 

Menin garantiu que não vai mudar a cobertura de esportes da Itatiaia, prestigiando sempre América e Cruzeiro. “Lógico. Vamos prestigiar o Cruzeiro, o América e o futebol mineiro como um todo”, disse. O empresário acredita que não haverá uma fuga dos ouvintes cruzeirenses. “Vão nada (risos). Vão estar lá do mesmo jeito que era antes". Rubens Menin ainda garantiu investimento na emissora. "Vislumbro o que tem de melhor para a emissora. Elevar sempre o nível do futebol mineiro", frisou.

Entrevista/Rubens Menin

“Um patrimônio mineiro”

Uma reunião ontem pela manhã selou o acordo de compra da Rádio Itatiaia por parte do empresário Rubens Menin, fundador da MRV Engenharia e controlador da CNN Brasil. Minutos depois, a emissora anunciou de forma oficial a conclusão da negociação. Ao Estado de Minas, Menin detalhou como foram as conversas e seus planos para a rádio.

Por que a compra da Itatiaia, uma das rádios mais tradicionais do Brasil?
Porque ela é muito importante para Minas Gerais, para o jornalismo de Minas Gerais. Ela tem que ser preservada. Itatiaia é um patrimônio mineiro. Como o Emanuel já estava pensando em aposentar – e a gente respeita muito o trabalho dele –, apareceu essa oportunidade, importante para Minas.

O que você mais admira na emissora?
Os profissionais de jornalismo da Itatiaia, a imparcialidade, o bom jornalismo mostrando a população. Um trabalho muito bacana.

O que vai mudar na Itatiaia? A curto, médio e longo prazo?
Espero que nada. Só uma evolução natural do mundo, mantendo os padrões. Preservar a equipe de jornalismo que está lá, equipe vencedora.

Pretende fazer uma sinergia da produção da rádio com a CNN Brasil?
Não, são duas empresas totalmente diferentes. Cada uma tem uma pegada, cada uma tem seu público e sua área de atuação. Então elas são independentes.

Rubens Menin também será comentarista da emissora?
Não. Não vou participar. Não estarei no dia a dia da operação, não. Ficarei só no conselho de administração.

Como foram os bastidores da negociação? Quanto tempo as conversas com a Itatiaia duraram?
Foi rápido, não foi muito demorado. Deve ter uns 30 dias.

Muitos atleticanos manifestaram nas redes euforia com a notícia, fizeram memes e até sugeriram uma nova grade de programação para a emissora. Como você reagiu? Qual a mensagem para os torcedores atleticanos?
A Itatiaia será do Atlético, do Cruzeiro, do América e do futebol mineiro como um todo, como ela sempre fez. Imparcial. Não vai ter preferência de um ou outro. Manter o que está sendo feito.

Esta mensagem de imparcialidade é a que você deixa, também, para os torcedores de Cruzeiro e América?
Lógico. Prestigiar o Cruzeiro, o América e o futebol mineiro como um todo.

O que vislumbra para as coberturas esportivas da emissora?
O que tem de melhor. Elevar sempre o nível do futebol mineiro.
 





receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade