Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Governo dos EUA diz estar aberto a ouvir alternativas à proposta sobre imposto


01/04/2021 15:28

Um dia após o presidente norte-americano, Joe Biden, propor aumento impostos de grandes empresas para financiar um programa de US$ 2 trilhões em fomento à infraestrutura, a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, disse nesta quinta-feira, 1º de abril, que o governo está aberto a ouvir alternativas à proposta.

Apesar do aceno à oposição, Psaki defendeu o plano do presidente americano.

"A proposta foi feita com base em estudos de economistas. Precisamos de ajustes para tornar sistema tributário mais justo e financiar infraestrutura. A população concorda com isso", afirmou a porta-voz, durante coletiva de imprensa. "O presidente acredita que democratas e republicanos concordam que precisamos modernizar nossas estradas e pontes", acrescentou. "Vamos divulgar projeções de criação de emprego com o pacote nos próximos dias."

Segundo ela, Biden e a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, já estão em contato com parlamentares para garantir a aprovação, pelo Congresso, do pacote voltado à infraestrutura - uma das estratégias da Casa Branca para seguir apoiando o processo de recuperação da economia americana após o choque da covid-19.

Com menos de 100 dias no poder, o governo americano já conseguiu emplacar um pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão com uma nova rodada de benefícios sociais semelhantes ao auxílio emergencial brasileiro.

Para ajudar a financiar as despesas, Biden propõe o aumento do imposto corporativo de 21% a 28% e a criação de imposto mínimo global em 21%.

A expectativa é de que essas medidas gerem receita adicional de US$ 1 trilhão em um década. "O plano é fiscalmente responsável e reduz a dívida pública ao longo prazo", garantiu o presidente, na quarta, em discurso em Pittsburgh, na Pensilvânia, em meio a desconfianças sobre a trajetória do endividamento americano, que já rompeu 130% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

Novo teste de covid

A porta-voz ainda informou, durante a coletiva de imprensa, que Biden realizou novo teste para a covid-19 nesta semana e obteve resultado negativo. O líder democrata já está vacinado contra o novo coronavírus.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade