Publicidade

Estado de Minas DIA DOS SOLTEIROS

Black Friday Chinesa: uma ótima opção para compras baratas

A Black Friday China ocorre nesta quarta (11), na comemoração do Single's Day, que é o Dia dos Solteiros, e movimenta o comércio chinês


10/11/2020 10:14 - atualizado 10/11/2020 10:53

(foto: Freepik)
(foto: Freepik)

 
Enquanto os brasileiros aguardam ansiosos a chegada da Black Friday Brasil, que cai em 27 de novembro, os orientais estão prontos para a Black Friday Chinesa, que ocorre amanhã, dia 11 de novembro.

Em terras chinesas, a data de ofertas também é chamada de Single’s Day, ou Dia dos Solteiros. O comércio aproveitou a deixa para os solteiros se presentearem com os produtos mais desejados, como smartphones da Xiaomi. Aliás, eles estão no ranking dos celulares mais vendidos em 2020 no Brasil

Mas os brasileiros também podem aproveitar as promoções da Black Friday Chinesa nos sites chineses, como Banggood, Gearbest e AliExpress. Porém, é importante conhecer os direitos do consumidor ao fazer compras em sites internacionais, como você verá no decorrer deste conteúdo. 


Black Friday China: como ela surgiu 


Se o número 1 está relacionado à vida de solteiro, a data 11 do 11 só poderia ser dedicada à solteirice. Por isso, o dia e o mês foram escolhidos no calendário chinês para celebrar o Single’s Day ou a Black Friday Chinesa. 

Sendo assim, a brincadeira começou na Universidade de Nanquim, que fica na província de Jiangsu. Inicialmente, só os homens participavam da comemoração. Eles tinham a intenção de encontrar um par romântico. 

No entanto, com o passar do tempo os varejistas chineses viram uma oportunidade de negócios e passaram a promover descontos tentadores capazes de fazer os chineses esquecerem a busca pela cara metade para aproveitar as ofertas. 

Hoje em dia a Black Friday Chinesa funciona nos mesmos moldes da norte-americana, que também é replicada no Brasil. A boa notícia é que as promoções se estendem a outros países através dos sites mais famosos. 

Mas quais serão os produtos mais desejados na Black Friday Chinesa 2020? Veja mais detalhes a seguir. 
 

Produtos mais desejados: de celulares a produtos de informática 



Assim como no Brasil, o e-commerce chinês também se prepara para as liquidações de novembro. Portanto, além dos smartphones das marcas chinesas, também são procurados itens como acessórios de computador, relógios inteligentes, fones de ouvido Bluetooth, memória RAM e disco SSD. 

Portanto, se você gosta dos celulares das marcas chinesas, acompanhe os modelos dos smartphones mais vendidos no primeiro semestre de 2020, segundo listagem da consultoria Omdia. Dos 10 celulares mais vendidos, 4 são da Xiaomi. 

  • Redmi Note 8: com 11 milhões de unidades vendidas, custa a partir de R$ 1.333,90;
  • Redmi Note 8 Pro: com 10,2 milhões de unidades vendidas, pode ser encontrado por R$ 1.739,00;
  • Redmi 8A: teve 7,3 milhões de vendas, sendo um dos mais baratos da marca, com valor acima de R$ 874,11 no Brasil. 
  • Redmi 8: outro celular da Xiaomi, o Redmi 8 custa a partir de R$ 1.399,00. 

Contudo, como escolher o melhor para site para comprar? Confira a relação a seguir.
 

Sites chineses: veja onde comprar na Black Friday China 


Alguns sites já são velhos conhecidos dos brasileiros. Isso porque eles têm versões em português e já calculam automaticamente o valor convertido em reais. Além disso, outro detalhe é que o brasileiro já está habituado a fazer compras on-line da China, apesar da demora na entrega e dos riscos de extravio. Portanto, confira os principais endereços para as ofertas e aproveite a Black Friday Chinesa:

  • AliExpress: há produtos de todas as categorias, inclusive com frete grátis; 
  • Gearbest: o site traz desde artigos esportivos a smartphones mais baratos; 
  • Banggood: possui variedade de produtos, com destaque para eletrônicos; 
  • Shopee: preços atrativos e variedade nas categorias; 

Contudo, nunca é demais lembrar que é importante tomar cuidado para não cometer erros na hora da compra e pesquisar sobre a reputação da loja, verificando os comentários dos clientes. Portanto, acompanhe as dicas do próximo tópico. 
 

10 dicas para comprar na Black Friday Chinesa 

 

1.Não tente fazer o “negócio da China”

 

Muitas vezes podemos nos deparar com preços absurdamente baixos na internet. Mas comprar o item não significa necessariamente que você está fazendo um bom negócio, pois pode se tratar de um golpe; 

2.Leia os anúncios com atenção 

Verifique mais de uma vez o texto do anúncio, pois ao fazer a compra rápido para aproveitar a oferta, o consumidor pode ser traído pelo seu encantamento com o produto, levando uma capa de celular em vez do celular propriamente dito. 

3.Prestar atenção aos tamanhos das roupas 

Os chineses são mais baixos e mais magros que os brasileiros. Por isso, tente aumentar um número nas roupas antes de clicar no botão de finalizar compra. 

4.Compre itens com rastreio 

Muitas vezes fica mais barato comprar produtos sem código de rastreio. Entretanto, a economia pode não ser tão proveitosa. Nesse sentido, escolha a opção de rastrear o produto. 

5.Tenha paciência na entrega 

A vantagem de comprar produtos em sites brasileiros é que a entrega é mais rápida. Entretanto, nos sites estrangeiros a entrega pode ser superior a dois meses. Na hora de finalizar o pedido, não esqueça de comparar prazo de entrega e o pagamento de taxas. 

6.Cheque a reputação da loja 

Aproveite para ler os comentários dos clientes e desconfie dos produtos que não têm nenhuma avaliação. 

7.Confira se o produto é vendido por unidade 

Muitos sites usam o preço por unidade, mas na hora de fechar a compra o item sai mais caro porque deve ser comprado no atacado. 

8.Não esqueça de avaliar a segurança do site 

Ao abrir o site já note se ele tem o cadeado no início da URL e também se ele possui sistema de proteção ao consumidor. 

9.Não faça compras por impulso 

Apesar de os valores da Black Friday China serem tentadores, é importante colocar o pé no freio e não sair gastando mais do que deve. Afinal, ainda teremos a Black Friday Brasil que pode reservar ofertas interessantes para você. 

10.Lembre-se da alfândega 

Depois de escolher o site e o produto, estando certo da sua compra, não se esqueça de verificar se haverá taxas de importação ou outros encargos. 

No mais, lembre-se que os sites chineses estão no segundo lugar da preferência dos brasileiros, depois dos sites norte-americanos. Isso porque os preços são baixos, aceita-se cartão e até boleto, com entregas rastreadas e frete grátis, em muitos casos. 

Além disso, fique atento aos direitos do consumidor. O primeiro passo é procurar o fornecedor, porém, se o produto já estiver fora da China é importante buscar seus direitos na Receita Federal ou nos Correios. 
 

Coronavírus: quais cuidados deve-se tomar? 
 

No início da pandemia do novo coronavírus, acreditava-se que os produtos vindos da China estavam infectados. Entretanto, pesquisadores da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, constataram que o novo coronavírus sobrevive por até 72 horas em superfícies, como plástico. 

Mas em papelão, o tempo de vida é menor, chegando a 24 horas. Sendo assim, o tempo de importação é muito maior que esse, impossibilitando o contágio, então, fique tranquilo e aproveite a Black Friday Chinesa. Contudo, como é sempre melhor prevenir do que remediar, não custa nada passar álcool 70% nas embalagens sempre que recebê-las da transportadora. 
 

Black Friday Brasil



Porém, se você prefere aguardar a chegada da Black Friday Brasil, lembre-se que ela ocorre em 27 de novembro, a partir da 0h, nos sites e lojas físicas. Mais uma vez, o comércio digital deve concentrar as melhores ofertas. Isso porque só na Black Friday passada, o e-commerce brasileiro bateu R$ 3,2 bilhões em vendas. Portanto, o ano de 2020 deve superar essa cifra. 

Em suma, a Black Friday Chinesa ocorre amanhã, dia 11 de novembro, nos principais sites chineses. O brasileiro também pode aproveitar os descontos, mas deve ficar atento à segurança do site e ao pagamento de taxas alfandegárias.

Além disso, não há risco de contaminação do novo coronavírus, porém, os cuidados de praxe devem ser mantidos.
 
Quer saber tudo sobre a Black Friday? Então, aproveite e acompanhe as últimas novidades clicando aqui


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade