Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Empresa paulista busca quase meia tonelada de goiabada artesanal em Ouro Preto

Iniciativa tenta garantir renda a pequena produtora durante a pandemia


postado em 27/04/2020 19:50 / atualizado em 27/04/2020 20:53

(foto: Formaggio Mineiro/Divulgação)
(foto: Formaggio Mineiro/Divulgação)
Diante da atual pandemia de coronavírus, a marca de pão de queijo paulista Formaggio Mineiro comprou 432 kg de goiabada de uma produtora artesanal de Ouro Preto, Região Central de Minas. A iniciativa da empresa visa ajudar a pequena produtora, que encontrava dificuldade para vender seus produtos durante a quarentena.

De acordo com a empresa, dois sócios da Formaggio Mineiro alugaram um carro e viajaram de São Paulo a Ouro Preto, no dia 15 de abril, para buscar a goiabada. O produto já era tradicionalmente comercializado nas lojas da fábrica, mas a remessa foi antecipada este ano a pedido da Dona Leninha, produtora artesanal há mais de 20 anos.

Um dos empresários, Mirany Soares, conta que normalmente a empresa entrava em contato com a senhora para solicitar a retirada do produto. No entanto, neste mês Dona Leninha foi quem ligou, e eles notaram que havia algo errado. “Ela contou que a grande maioria dos clientes locais estavam fechados e, portanto, não teria para quem fornecer toda sua produção. Não pensamos uma vez sequer para nos organizarmos para ajudá-la”, explicou.
 
(foto: Formaggio Mineiro/Divulgação)
(foto: Formaggio Mineiro/Divulgação)
 

Os sócios levaram 100% da produção de goiabada, 432 kg, e o produto foi distribuído em cinco lojas da fábrica Formaggio Mineiro. A goiabada é vendida por R$ 4,90, cada 100 gramas, e está sendo comercializada desde a última quarta-feira (22).

Marcello Lage, sócio da empresa, explica que a goiabada produzida por Dona Leninha é feita com "goiaba de verdade, colhida diretamente do pé sem agrotóxicos". Cozida no tacho de cobre, maturada entre seis meses e dois anos e com pouco açúcar. “Para o nosso consumidor, que ama e todo ano pede mais, está sendo ótimo. Ou seja, além de beneficiar o pequeno produtor, valeu muito todo o esforço para buscar um produto tão diferenciado, que agrada bastante o nosso cliente”, afirmou.
 
* Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade