Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Para Mansueto, R$ 30 bi para infraestrutura em três anos é factível

O secretário do Tesouro Nacional lembrou que a pasta já dispõe de cerca de R$ 24 bilhões em recursos para os próximos três anos


postado em 23/04/2020 17:36 / atualizado em 23/04/2020 18:13

Mansueto Almeida, secretário do Tesouro Nacional(foto: Fabio Rodrigues Pazzebom/ Agência Brasil)
Mansueto Almeida, secretário do Tesouro Nacional (foto: Fabio Rodrigues Pazzebom/ Agência Brasil)
O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse nesta quinta-feira, 23, que os R$ 30 bilhões previstos pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para o Plano Pró-Brasil de investimentos no setor até 2022 é factível. Ele lembrou que a pasta já dispõe de cerca de R$ 24 bilhões em recursos para os próximos três anos.

"O ministro falou em R$ 30 bilhões em três anos, e ele já tem garantidos R$ 24 bilhões nesse período. Aumentar esses recursos em R$ 5 bilhões ou R$ 6 bilhões é factível, R$ 2 bilhões por ano. Mas é preciso retirar esses recursos de outras áreas do orçamento", alertou, em teleconferência organizada pelo Lide Ceará.

Sem a participação de equipe econômica, a Casa Civil lançou na quarta no Palácio do Planalto um Plano Pró Brasil - chamado informalmente de "Plano Marshall" - para aumentar os investimentos públicos em infraestrutura no pós-crise.

Mais cedo, Mansueto avaliou ser necessário aumentar muito o investimento na retomada da economia após a crise, mas enfatizou que o governo não tem a capacidade de liderar esse movimento.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade