Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Japão deve manter recuperação mas riscos exigem acomodação monetária, diz Kuroda


postado em 29/11/2019 04:56

O presidente do Banco do Japão (BoJ, pela sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, previu nesta sexta-feira que a economia japonesa deverá manter a tendência de crescimento e que a inflação aumentará gradualmente para a taxa de 2% buscada pela instituição, mas ressaltou que é preciso ficar "bastante atento" a riscos negativos, principalmente os relacionados a desdobramentos em economias externas.

Diante de desse quadro, Kuroda reiterou que o BoJ considera apropriado manter sua postura de política monetária ultra-acomodatícia.

Kuroda fez os comentários durante apresentação, no Parlamento japonês, do relatório bianual do BoJ sobre câmbio e controle monetário.


Publicidade