Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

China designa cota inicial para bônus ligados à infraestrutura em 2020


postado em 27/11/2019 07:57

O Ministério de Finanças da China designou hoje uma nova cota para a emissão de bônus com propósitos específicos por governos locais em 2020, de forma a garantir financiamento para projetos de infraestrutura que ajudem a impulsionar a demanda doméstica e o crescimento econômico.

Em comunicado, o ministério instituiu uma cota inicial de 1 trilhão de yuans (US$ 142,18 bilhões) para emissões desses bônus para o próximo ano, ressaltando que o montante é apenas parte da cota total prevista para emissões do tipo.

Bônus de propósitos específicos têm como objetivo financiar investimentos em infraestrutura de governos locais. O pagamento desses bônus depende de receitas geradas pelos próprios projetos, e não de orçamentos regionais.

O ministério pediu aos governos locais que acelerem o uso de recursos oriundos de emissões de bônus para promover investimentos eficientes e expandir a demanda doméstica.

A nova cota de 2020 equivale a 47% do total aprovado para este ano. Nos primeiros nove meses de 2019, governos locais chineses emitiram 2,13 trilhões de yuans em bônus com propósitos específicos. A cota total deste ano é de 2,25 trilhões de yuans. Fonte: Dow Jones Newswires.


Publicidade