Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Déficit do setor externo de 2018 quase dobra, após revisão do BC


postado em 25/11/2019 12:52

O chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha, explicou nesta segunda-feira, 25, que o rombo nas transações correntes de 2018 foi revisado pelo BC. O resultado negativo de US$ 21,9 bilhões (1,2% do PIB) no ano passado passou para um déficit de US$ 41,5 bilhões (2,2% do PIB) em 2018.

Segundo ele, a elevação de US$ 19,6 bilhões no rombo das contas externas no ano passado decorre principalmente da revisão da estatística de lucros e dividendos em 2018.

A revisão do resultado de 2018 utiliza os dados das pesquisas Capitais Brasileiros no Exterior (CBE) e Censo de Capitais Estrangeiros no País (Censo).

"Para 2019, já utilizamos os dados do CBE no primeiro e no segundo trimestre, reduzindo o volume de dados calculados com base em estimativas", acrescentou Rocha.


Publicidade