Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Arrecadação em outubro soma R$ 135,202 bilhões, mostra Receita


postado em 25/11/2019 11:03

A arrecadação de impostos e contribuições federais somou R$ 135,202 bilhões em outubro, com leve queda em relação ao mesmo mês de 2018 (-0,02%, já descontada a inflação), segundo a Receita Federal. Em relação a setembro deste ano, houve aumento real de 18,55%.

Na semana passada, o secretário especial da Receita Federal, José Tostes Neto, antecipou que o resultado da arrecadação ficaria em cerca de R$ 135 bilhões.

O resultado veio dentro do intervalo de expectativas de 20 instituições ouvidas pelo Broadcast Projeções, que ia de R$ 115,300 bilhões a R$ 141,500 bilhões, mas abaixo da mediana de R$ 138,835 bilhões.

Entre janeiro e outubro deste ano, a arrecadação federal somou R$ 1,264 trilhão, o melhor desempenho para o período desde 2014.

O montante ainda representa avanço de 1,92% na comparação com igual período do ano passado. Na semana passada, o secretário havia dito que o valor alcançaria R$ 1,140 trilhão no ano.

Desonerações

As desonerações concedidas pelo governo resultaram em uma renúncia fiscal de R$ 78,475 bilhões entre janeiro e outubro deste ano, valor maior do que em igual período do ano passado, quando ficou em R$ 72,072 bilhões. Apenas no mês de outubro, as desonerações totalizaram R$ 7,765 bilhões, também acima do registrado em outubro do ano passado (R$ 7,379 bilhões).

Só a desoneração da folha de pagamentos custou aos cofres federais R$ 603 milhões em outubro e R$ 6,969 bilhões no acumulado do ano.


Publicidade