Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Confiança na indústria eletroeletrônica cai em setembro ante agosto, diz Abinee


postado em 20/09/2019 13:37

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Setor Eletroeletrônico interrompeu trajetória de crescimento observada em meses anteriores e caiu 0,7 ponto em setembro ante agosto, para 56,7 pontos. Os dados são da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e foram agregados pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

A retração do indicador foi resultado de reduções na área elétrica, que perdeu 0,9 ponto, a 57,9 pontos, e na área eletrônica, que recuou 0,6 ponto, para 55,3 pontos. Apesar disso, o índice ainda indica um cenário positivo, já que na variação de 0 a 100 pontos, valores acima de 50 pontos indicam confiança do empresário industrial.

A Abinee ressalta, no entanto, que o indicador se encontra em patamar inferior ao registrado em janeiro de 2019, que foi de 65,1 pontos.

Para o presidente da Abinee, Humberto Barbato, a confiança do empresário industrial deve melhorar "de forma significativa" com a possível aprovação do PL 4805/19, que se refere à nova Lei para TICs (Tecnologia da Informação e Comunicação). "Com o avanço das discussões que tramitam no Executivo e no Legislativo observaremos uma intensificação no otimismo", analisou Barbato.

O PL 4805/19 foi protocolado na Câmara dos Deputados no dia 3 de setembro, pela Frente Parlamentar Mista para o Desenvolvimento da Indústria Elétrica e Eletrônica, e viabiliza a atração de investimentos produtivos para o setor de TICs.

O projeto, de autoria dos deputados Marcos Pereira (PRB-SP), Bilac Pinto (DEM-MG), Vitor Lippi (PSDB-SP) e Daniel Freitas (PSL-SC), está sendo analisado na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) e espera parecer do relator, deputado André Figueiredo (PDT-CE).


Publicidade