Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

É preciso evitar que postos aproveitem para aumentar combustíveis, diz ANP

Décio Oddone afirmou que cabe a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis


postado em 17/09/2019 16:49 / atualizado em 17/09/2019 17:23

(foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
(foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, afirmou que "não há motivos para preocupação com abastecimento, muito menos para aumentos de preços", ao ser questionado se a notícia de alta do petróleo no mercado internacional pode servir de pretexto para alguns donos de postos cobrarem mais pelos combustíveis.

Segundo o diretor-geral da ANP, é possível, sim, que isso aconteça e que é papel da agência reguladora e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) evitar.

"Os preços dos combustíveis são livres, por lei, em todas as etapas da cadeia: produção, distribuição e revenda", disse Oddone, acrescentando que, quando a ANP identifica preços abusivos ou indícios de cartel, elabora estudos de concentração econômica e vai a campo para constatar se os preços estão, de fato, abusivos.


Publicidade