Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Abrasel/Solmucci: FGTS injeta ânimo, mas economia precisa de mais incentivos


postado em 17/07/2019 20:54

A liberação parcial das contas ativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) vai funcionar como uma injeção de ânimo para o consumidor, de acordo com o presidente executivo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Paulo Solmucci. Porém, serão necessários outros incentivos para que haja uma melhora sustentável.

"A questão do estímulo de curto prazo é fundamental, mas só faz sentido se vier com mais medidas", disse Solmucci. Segundo ele, isso pode provocar um crescimento do PIB "um pouquinho melhor".

Solmucci aponta que há uma quantidade grande de empresários esperando para investir e a aprovação da reforma da Previdência provoca um momento de inflexão. Além disso, ele defende que o governo reduza os níveis de burocracia para estimular o empreendedorismo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade