Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Anfavea revisa projeção para exportação em unidades em 2019 para -28,5%


postado em 04/07/2019 11:31

O presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, informou nesta quinta-feira, 4, que a associação cortou a projeção para a exportação de veículos em unidades, para uma queda de 28,5%. Antes, a estimativa era de recuo de 6,2%. Com a nova previsão, o volume exportado deverá ser de 450 mil unidades. A expectativa anterior representava o embarque de 590 mil unidades. A revisão é motivada pela crise da Argentina, principal destino das exportações brasileiras de veículos.

Apesar do corte na previsão para a exportação, a Anfavea manteve a projeção para a produção, com um aumento de 9%, para 3,14 milhões de unidades.

Moraes explicou que decidiu não cortar a previsão de produção porque acredita que o mercado interno pode compensar, no segundo semestre, as frustrações vistas até então no mercado externo. O movimento, ele avalia, depende da aprovação da reforma da Previdência, que daria mais confiança aos agentes econômicos. Mesmo assim, a previsão para o mercado interno está mantida em expansão de 11,4%, para 2,86 milhões de unidades.

"O primeiro semestre acabou, mas ainda temos o segundo tempo, que pode fazer com que o mercado interno termine o ano crescendo mais do que os 11% inicialmente projetados e podem compensar as 140 mil unidades que estamos perdendo na exportação. Tudo isso, no entanto, depende do Congresso", explicou.


Publicidade