Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

BC reduz alíquota do compulsório sobre recursos a prazo para 31%


postado em 26/06/2019 18:54

O Banco Central anunciou nesta quarta-feira, 26, por meio de nota, a redução da alíquota do recolhimento do compulsório sobre recursos a prazo em dois pontos porcentuais, de 33% para 31%. A mudança, conforme o BC, vai implicar na redução do recolhimento da ordem de R$ 16,1 bilhões.

Os compulsórios correspondem à parcela dos depósitos que as instituições financeiras precisam, obrigatoriamente, recolher no Banco Central. Ao reduzir a alíquota aplicada sobre recursos a prazo, o BC está liberando R$ 16,1 bilhões no sistema financeiro. Isso significa mais recursos disponíveis para as operações de crédito dos bancos, por exemplo.

Na nota, o BC informou que a mudança entrará em vigor em 1º de julho, com efeitos financeiros a partir de 15 de julho. "A alteração aproxima mais a alíquota dessa modalidade de recolhimento aos níveis históricos praticados nos anos anteriores à crise de 2008", acrescentou o BC.

A mudança no compulsório foi feita por meio da Circular nº 3.951, publicada na noite desta quarta-feira pelo BC.


Publicidade