Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Confiança do empresário volta a subir em maio após quatro meses seguidos de baixa


postado em 26/06/2019 18:39

A confiança do empresário do setor industrial de elétricos e eletrônicos interrompeu em maio uma sequência de quatro meses seguidos de baixa ao subir 0,8 ponto para 54,2 pontos. É o que mostra o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Setor Eletroeletrônico, calculado pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) com base em dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Segundo o presidente da Abinee, Humberto Barbato, não é ainda uma salto expressivo dado que o ICEI varia de zero a 100 pontos. Mas não deixa de ser um bom resultado dadas as condições atuais da economia.

"A oscilação é reflexo de certa insegurança que vigora no cenário brasileiro, em função das reformas e de outras manifestações do governo, o que faz com que haja uma retração natural nos investimentos", diz Barbato. Na opinião dele, a abertura de mercado, e as discussões sobre as alterações na Lei de Informática geram um ambiente de incertezas que prejudica as tomadas de decisões de investimentos.

Na área elétrica, a alta foi mais significativa, atingindo 4,3 pontos, passando de 50,1 para 54,4 pontos. No caso da eletrônica, o ICEI diminuiu 3 pontos, recuando de 57 para 54 pontos.

De acordo com o presidente da Abinee, nota-se que, mesmo com o esfriamento nos ânimos dos empresários observado nos meses anteriores, o indicador segue acima da linha dos 50 pontos pelo décimo primeiro mês consecutivo, mostrando que permanece a confiança, porém em patamar inferior ao observado em janeiro deste ano, que esteve em 65,1 pontos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade