Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Houve progresso nas conversas com México, mas não o bastante, diz Trump


postado em 05/06/2019 20:00

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira que "houve progressos" no diálogo com o México, "mas nem de perto o suficiente" para um acordo bilateral. Em mensagens no Twitter, Trump disse que as discussões sobre imigração na Casa Branca com representantes do México terminaram por hoje, mas prosseguirão nesta quinta-feira.

Trump renovou a ameaça de que, caso não se chegue a algum acordo, a partir da segunda-feira haverá tarifas de 5% sobre os produtos mexicanos, com previsão de aumentos mensais de mais 5 pontos porcentuais, até eventualmente se atingir o máximo previsto, de 25%. "Quanto mais altas as tarifas chegarem, mais alto o número de companhias que voltarão aos EUA", argumentou ele no Twitter. O presidente disse ainda que as prisões na fronteira ocorrem por culpa do México e da oposição do Partido Democrata no Congresso, que se recusa a realizar uma reforma imigratória.


Publicidade