Publicidade

Estado de Minas

Dólar passa dos R$ 4 e fecha no valor mais alto dos últimos sete meses

É a maior cotação desde 1º de outubro de 2018, último pregão antes do primeiro turno das eleições


postado em 16/05/2019 17:57 / atualizado em 16/05/2019 18:03

(foto: Pixabay/Reprodução)
(foto: Pixabay/Reprodução)
A instabilidade do mercado brasileiro, refletindo a política nacional, causou mais uma alta do dólar, fechando esta quinta-feira no maior valor desde 1º de outubro de 2018, último pregão antes do primeiro turno das eleições. Com valorização de 0,98% ao fim do dia, a moeda americana fechou cotada a R$ 4,036.

O cenário de tensão no mercado financeiro também se refletiu nas ações. O Ibovespa, principal índice da B3 (antiga Bolsa de Valores de São Paulo), encerrou o dia com queda de 1,75%, aos 90.024 pontos. Petrobras e Vale perderam ainda mais, com desvalorização de 2,36% e 3,23%, respectivamente.

O governo Bolsonaro vem sofrendo contratempos em votações e luta por apoio na Câmara e no Senado, o que coloca sob dúvidas a aprovação da reforma da Previdência, essencial para o Planalto. Nessa quarta-feira, o presidente brasileiro, em visita aos Estados Unidos, chamou de ‘idiotas úteis’ os milhares de estudantes que saíram em protesto contra cortes na educação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade