Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Grupo Alimentação e Bebidas tem alta de 0,54% no IPCA-15 de novembro


postado em 23/11/2018 10:43

As famílias brasileiras gastaram 0,54% mais com alimentação em novembro, após a alta de 0,44% registrada em outubro, segundo dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) divulgados nesta sexta-feira, 23, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O grupo foi o de maior impacto sobre o IPCA-15, uma contribuição de 0,13 ponto porcentual, o equivalente a 68% da inflação de 0,19% registrada no mês.

O custo da alimentação no domicílio subiu 0,85% em novembro, após o avanço de 0,52% em outubro. O preço do tomate aumentou 50,76% em novembro, item de maior impacto no IPCA-15, 0,09 ponto porcentual de contribuição para a inflação.

Também ficaram mais caras a batata-inglesa (17,97%) e a cebola (10,01%). Por outro lado, houve redução no leite longa vida (-3,74%), café moído (-1,10%) e ovos (-0,45%).

A alimentação fora de casa passou de alta de 0,30% em outubro para uma ligeira queda de 0,01% em novembro. Os destaques foram as reduções no lanche fora de casa (de 0,74% em outubro para -0,33% em novembro) e na refeição consumida fora do domicílio (de 0,26% em outubro para -0,05% em novembro).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade