Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Oddone diz que fica na ANP até dezembro de 2020, independente de eleições


postado em 24/09/2018 16:51

O diretor geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, disse que fica na autarquia até dezembro de 2020 independente do resultado das eleições presidenciais, já que tem mandato fixo.

"A ANP é uma agência de estado, não é uma agência de governo. Diretor da ANP tem mandato fixo, o meu vai até dezembro de 2020, então dentro das nossas atribuições regulatórias nós vamos continuar atuando", disse Oddone após debate sobre as perspectivas do setor de petróleo na Rio, Oil & Gas 2018.

O executivo, que já ocupou cargos de destaque na Petrobras, assumiu a agência em janeiro de 2017, substituindo Magda Chambriard que também cumpriu até o fim o seu mandato, apesar de ter sido indicada por Dilma Rousseff. Os primeiros leilões do governo Temer de áreas do pré-sal porém só foram realizados após a entrada de Oddone na agência.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade