Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

SEB lança escola ‘popular’ a partir de R$ 470 ao mês


postado em 05/09/2018 08:10

O grupo SEB, do empresário Chaim Zaher, prevê investimentos de R$ 50 milhões em sua nova rede de escolas voltadas ao público de classe C. Os valores serão aportados ao longo de cinco anos, período no qual a empresa espera atingir uma base de 25 escolas e ter até 30 mil alunos, disse a diretora executiva do grupo, Thamila Zaher.

As primeiras escolas do novo negócio vão ser instaladas na região central e nas zonas leste e oeste de São Paulo. Haverá ainda uma unidade em Sorocaba. O novo negócio terá a marca Luminova, com mensalidades a partir de R$ 470. Líder em ensino básico privado no País, o SEB atua sobretudo com escolas premium, como Pueri Domus e Concept.

O público alvo da Luminova, segundo seu diretor geral, Luizinho Magalhães, é o de classes B e C. Esse contingente de renda concentra atualmente 61,4% da população em idade escolar no Brasil, destacou o executivo.

A rede inicia matrículas nessas quatro unidades no Estado de São Paulo ainda este ano, com aulas começando em 2019.

A expansão futura, destaca Thamila Zaher, deve seguir mirando regiões de alta densidade populacional do público-alvo da Luminova. "São regiões onde há déficit de atendimento da educação pública", comentou.

Uma expansão para a região Nordeste já é considerada uma das prioridades para a nova marca e poderá ocorrer em 2020, de acordo com a executiva. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade