Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

ANP: queda na importação de diesel não provocará problema de abastecimento


postado em 22/08/2018 14:01

O diretor geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, informou nesta quarta-feira, 22, que a importação de diesel caiu no País por conta da greve dos caminhoneiros, que levou o governo a subsidiar o diesel para os importadores, entre eles a Petrobras.

Ele não soube informar o volume, mas observou que não haverá problema de abastecimento do combustível no País, porque a Petrobras aumentou a carga de suas refinarias. Ele não quis comentar, no entanto, o impacto que a saída de operação da maior unidade da empresa, a Refinaria de Paulínia, terá no mercado.

Uma unidade da refinaria da estatal, localizada no Estado de São Paulo, explodiu esta semana e ainda não tem prazo para voltar ao mercado. Empregados da empresa ligados aos sindicatos informaram ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, que levaria pelo menos 60 dias, mas a empresa não confirma o prazo, que ainda está sendo avaliado. A previsão, porém, ficaria abaixo desse tempo, segundo uma fonte próxima ao assunto.

Oddone afirmou que a subvenção ao preço do diesel é temporária e que provavelmente o mercado deve se normalizar após seu término. "A subvenção é só até o final do ano, em um primeiro momento é normal reduzir a importação", avaliou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade