Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Com aporte de R$ 180 mi, Ambev inaugura centro de inovação no Rio


postado em 22/08/2018 07:50

A fabricante de bebidas Ambev inaugura nesta quarta-feira, 22, um novo centro de pesquisa no País, com o foco no desenvolvimento de produtos voltados ao mercado da América do Sul. O projeto de R$ 180 milhões é uma expansão do Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro, que já atraiu grandes empresas, como a Petrobrás, Halliburton, L’Oréal e General Electric (GE). Nos últimos 10 anos, o parque já recebeu R$ 1 bilhão em investimentos.

Segundo a empresa, o centro, com equipamentos para testes, pesquisas e produção de variados tipos de bebidas, é o mais avançado do grupo AB InBev, do qual faz parte.

"No CIT Cervejeiro conseguimos conduzir três vezes mais projetos com a metade do tempo", afirma o gerente do centro, Daniel Baumann. Apesar de estarem voltados para o consumidor da América do Sul, os produtos desenvolvidos pela equipe brasileira poderão ser reproduzidos em qualquer lugar do mundo, já que todos os centros tecnológicos da companhia - ao todo são sete - são interligados.

Entre as vantagens do centro, o executivo reforça o fato de ele estar próximo do ambiente acadêmico e de outras empresas. "A gente tem muita sinergia, é uma relação de ganha-ganha", disse.

Baumann não deu detalhes, mas, apesar de recém chegados, já existem conversas com a vizinha L’Oréal, também instalada no parque da UFRJ, para desenvolver produtos em conjunto, aproveitando possivelmente ingredientes da cadeia cervejeira para uso cosmético.

Inaugurado em 2003, o Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro chegou a ser conhecido como o berço da tecnologia do setor petrolífero. Aos poucos, porém, foi se diversificando e hoje abriga 62 instituições de várias áreas nos seus 350 mil metros quadrados dentro da Cidade Universitária da UFRJ, na Ilha do Governador, zona norte no Rio. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade