Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

União aumenta para R$ 1,369 bi outorga de renovação da Porto Primavera


postado em 07/08/2018 10:00

Os ministérios da Fazenda e de Minas e Energia aumentaram de R$ 1,098 bilhão para R$ 1,369 bilhão o valor mínimo de outorga a ser cobrado pela União na renovação da concessão da Usina Hidrelétrica de Porto Primavera, maior ativo da Companhia Energética de São Paulo (Cesp), com 1.540 MW de capacidade instalada. A mudança está formalizada em portaria conjunta das duas pastas publicada no Diário Oficial da União (DOU).

A prorrogação do contrato da Hidrelétrica de Porto Primavera é fundamental para viabilizar a privatização da Cesp, na quarta tentativa do governo paulista de vender a companhia. Um decreto presidencial publicado em janeiro deste ano facilitou o processo, ao permitir a venda da empresa associada a um novo contrato de concessão para Porto Primavera.

O leilão da Cesp está marcado para ocorrer às 10 horas do dia 2 de outubro na B3 em São Paulo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade