Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Damaso: Multiplicador para imóveis de menor valor alinha os interesses de todos


postado em 31/07/2018 19:57

O diretor de Regulação do Banco Central, Otávio Damaso, afirmou que o incentivo ao financiamento de imóveis de até R$ 500 mil "alinha os interesses de todos". "A demanda da classe média está nessa faixa. As instituições financeiras têm interesse em financiar imóveis de menor valor e é algo que atenderá também a construção civil", afirmou.

Pela regra aprovada na reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN) nesta terça-feira, bancos que financiarem imóveis de até R$ 500 mil poderão multiplicar esse recurso por 1,2 na hora de contabilizar se cumpriram o patamar mínimo que deve ser direcionado ao crédito imobiliário.

O diretor completou que a expectativa do CMN com as mudanças é estimular a entrada de novos operadores. Uma das modificações foi o aumento do limite para comprar imóveis para os mutuários que desejarem utilizar recursos de suas contas no FGTS, que passou de até R$ 950 mil para R$ 1,5 milhão em todo o País. O diretor esclareceu que não foram alterados os limites de imóveis financiados diretamente com recursos do FGTS, que são definidos pelo conselho curador do fundo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade