Publicidade

Estado de Minas

Medida para compensação de subsídio recebeu duras críticas de parlamentares


postado em 20/06/2018 11:18

São Paulo, 20 - A bancada do Amazonas atacou o governo na audiência pública que debateu a medida para compensação do subsídio ao diesel acertado com o governo federal. O senador Omar Aziz (PSD-AM) disse que o presidente e os ministros da área econômica deram um "golpe traiçoeiro" na Zona Franca de Manaus.

Os senadores Armando Monteiro (PTB-PE) e Ricardo Ferraço (PSDB-ES) defenderam o decreto, mas ponderaram que é preciso discutir os elevados gastos tributários do País. Não apresentaram, porém, sugestões. O subsecretário de fiscalização da Receita, Iágaro Jung, diz que a retirada do benefício na Zona Franca "atenua a interferência artificial da economia". Para o presidente da Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil, Fernando de Bairros, o modelo anterior é "aberração tributária". As informações são do jornal

O Estado de S. Paulo.

(Adriana Fernandes)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade