Publicidade

Estado de Minas

Incertezas no Brasil são importantes e podem impactar Argentina, diz FMI


postado em 08/06/2018 14:18

São Paulo, 08 - Chefe de divisão do Fundo Monetário Internacional (FMI) para a América do Sul, Roberto Cardarelli afirmou nesta sexta-feira que há incertezas "importantes" nos mercados financeiros do Brasil, que podem afetar a Argentina. Ele fez o comentário ao ser questionado por jornalistas em uma entrevista coletiva em Washington sobre o pacote de ajuda anunciada ontem aos argentinos. Segundo Cardarelli, além do quadro global, com um aperto monetário gradual nos EUA, "obviamente a incerteza local influi no câmbio no Brasil".

Cardarelli ressaltou, porém, que na opinião dele o Brasil usa "em geral" princípios adequados para a política monetária e financeira. Ele mencionou o fato de que o Brasil tem "condições sólidas" em relação a reservas e que está "bem posicionado" para enfrentar o quadro de estresse.

Além disso, o dirigente do Fundo lembrou que o País tem um "desafio fiscal e de crescimento importante" no futuro. "A agenda para consolidação fiscal no Brasil está muito clara", afirmou. "O próximo governo [a ser escolhido na eleição deste ano] dará sinais importantes para se saber se haverá avanço ou não nessas questões."

Ao ser perguntado sobre a depreciação do real, Cardarelli comentou que outros países emergentes enfrentaram movimentos similares recentes no câmbio. Ele não quis entrar em mais detalhes sobre o quadro do País, no evento sobre a Argentina, mas disse que o Fundo está disposto a falar sobre outras nações da região, posteriormente.

(Gabriel Bueno da Costa)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade