Publicidade

Estado de Minas

Vendas de veículos recuam 7,11% em maio ante abril, revela Fenabrave

Setor poderia ter fechado maio com resultados melhores não fosse a parada do transporte de cargas


postado em 01/06/2018 16:01 / atualizado em 01/06/2018 16:44

(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press.)
(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press.)

Em um resultado afetado pela greve dos caminhoneiros, a Fenabrave, entidade que representa as concessionárias de veículos, reportou nesta sexta-feira, dia 1º, queda de 7,11% das vendas de veículos na passagem de abril para maio. O balanço engloba os mercados de carros de passeio, utilitários leves - como picapes e vans -, caminhões e ônibus.

O volume, de 201,9 mil unidades, ainda mostrou alta, de 3,24%, na comparação com o mesmo período do ano passado. No acumulado dos cinco primeiros meses de 2018, as vendas registraram crescimento de 17,02%, chegando a 964,7 mil veículos.

Mas o setor poderia ter fechado maio com resultados melhores não fosse a parada do transporte de cargas, que paralisou a produção de praticamente todas as montadoras e interrompeu as entregas de carros às concessionárias, assim como impediu que os veículos pudessem ser levados a pátios do Detran para serem emplacados.

Se incluídas na conta as concessionárias de motos, o ritmo diário de vendas nas lojas recuou 15% nos dias da greve dos caminhoneiros. A Fenabrave adianta que a paralisação também deve prejudicar o resultado de junho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade