Publicidade

Estado de Minas

Petrobras: não existe pauta reivindicatória de petroleiros; ela é mais política


postado em 29/05/2018 17:30

Rio, 29 - O presidente da Petrobras, Pedro Parente, contestou os motivos das reivindicações da Federação Única dos Petroleiros (FUP), que mobilizou os empregados da estatal para uma greve de 72 horas a partir da zero hora dessa quarta-feira, 30. Em teleconferência com analistas de mercado, o executivo destacou que vem intensificando a comunicação com os funcionários para tentar minimizar a paralisação.

"No início da semana fizemos uma carta em nome de toda diretoria a toda força de trabalho. Intensificamos a comunicação com os petroleiros para que a greve não traga repercussões. Confiamos que colaboradores entenderão o momento que vivemos", afirmou Parente.

(Fernanda Nunes e Karin Sato)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade