Publicidade

Estado de Minas

Congresso prorroga nove medidas provisórias, incluindo MP da Eletrobras


postado em 26/03/2018 08:06

O Congresso Nacional prorrogou por sessenta dias a vigência de nove medidas provisórias, sete delas enviadas pelo governo ao Legislativo em dezembro do ano passado e duas, em janeiro.

Dentre as matérias estendidas, está a MP 814/2017, que, entre outros pontos, inclui a Eletrobras no Programa Nacional de Desestatização (PND) e adia para este ano o prazo para a União pagar um montante de até R$ 3,5 bilhões à estatal por despesas com o abastecimento de energia em regiões isoladas no Norte do País.

Também foram renovadas a MP 811/2017, que permite que Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural (PPSA) comercialize diretamente o petróleo extraído do pré-sal que fica com a União, e a MP 813/2017, que reduziu a idade exigida para saques do PIS e do Pasep.

Os atos que prorrogam as medidas provisórias estão publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 26.

(Luci Ribeiro)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade