Publicidade

Estado de Minas

Novas confusões na família Steinbruch


postado em 06/03/2018 12:00 / atualizado em 06/03/2018 08:37

(foto: Arte/Soraia Piva)
(foto: Arte/Soraia Piva)

Novas confusões na família Steinbruch

Não é de hoje que o sobrenome Steinbruch é associado a conflitos familiares. Herdeiros da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), os irmãos Benjamin, Ricardo e Elisabeth, reunidos na holding Rio Purus, estão há meses em pé de guerra com os primos Clarice e Léo Steinbruch, da CFL Participações. Nas últimas semanas, as escaramuças ganharam intensidade. Benjamim, Ricardo e Elisabeth querem destituir os parentes do bloco de controle da Vicunha Steel, minoritária na CSN. Segundo um executivo ligado à família, Clarice e Léo estão prontos para fazer uma contraofensiva e pretendem levar a disputa até o fim, custe o que custar.

“O Benjamin está acostumado a brigas homéricas, mas agora terá de encarar uma batalha que promete ser a mais conturbada da história da família”, diz o executivo. Para piorar, a CSN vive momento complicado. O plano do presidente americano Donald Trump de impor tarifas ao aço e alumínio importados pelo país atingirá em cheio a rentabilidade da empresa brasileira.

O reajuste dos Correios e o frete mais caro do mundo

A decisão dos Correios de aplicar reajuste médio de 29% no frete de encomendas, que poderá chegar a 51% em algumas regiões do país, animou gigantes globais de logística, como DHL e UPS. Com o aumento, transações realizadas no varejo online deverão migrar para empresas privadas. Nas exportações, a alta de custos será ainda dramática. Em comparação com países vizinhos, o frete brasileiro será 42% mais caro do que na Argentina, 160% maior que no México e 282% superior ao valor cobrado na Colômbia.

A energia do turismo na Usina de Itaipu

Maior hidrelétrica do mundo em geração de energia, a Usina de Itaipu quer aumentar as fontes de receita. A empresa binacional – meia brasileira, meia paraguaia – tentará fazer com que o faturamento gerado pelo turismo cubra as despesas de manutenção e ajude nos investimentos em novos projetos, como a produção de carros elétricos. A estratégia prevê o lançamento de campanhas publicitárias. Nesta semana, o site de Itaipu começará a vender ingressos para a hidrelétrica e visita às Cataratas.

Skydrones faz  parceria com o Exército

A Skydrones, fabricante gaúcha de veículos aéreos não tripulados e drones, espera aumentar sua produção nos próximos meses. Antes voltada ao monitoramento da agricultura, a empresa colocará seus drones a serviço do Exército brasileiro, depois de receber sinal verde do Ministério da Defesa. Com isso, a Skydrones pode contar com a estrutura das Forças Armadas e ajudar na vigilância e espionagem de áreas de difícil acesso, como nas favelas do Rio de Janeiro.

US$ 638 milhões
é quanto Evan Spiegel, fundador e presidente do Snapchat, recebeu em 2017, tornando-se o CEO mais bem pago do mundo, segundo pesquisa da consultoria americana Equilar. Atrás dele aparecem nomes como Sundar Pichai, do Google, que embolsou US$ 200 milhões, e Tim Cook, da Apple, com “apenas” US$ 12 milhões

RAPIDINHAS

. A CVC Corp, maior empresa de turismo de Brasil, com faturamento de R$ 10,2 bilhões em 2017, entrou em uma enrascada nos últimos dias. Seu nome foi citado em uma operação da Polícia Federal que investiga repasses ilegais de R$ 37 milhões pelo doleiro Alberto Youssef, delator da Lava-Jato.

. O problema é que, segundo a CVC Corp, a empresa apontada no processo é a homônima CVC Operadora e Agência de Viagens TUR. Em nota, a CVC Corp esclarece que a companhia citada “nunca fez parte de nosso grupo, sendo que também nunca tivemos relação com as demais empresas citadas na investigação.”

. Depois de crescer 3,2% em 2017, o primeiro avanço em 4 anos, o mercado de livros continua acelerando no Brasil. Em janeiro, segundo dados do Sindicato Nacional dos Editores de Livros e da Nielsen, o faturamento aumentou 14,05% ante igual período do ano passado.
Os primeiros números de fevereiro, ainda não fechados, mostram que o ritmo de vendas provavelmente permanecerá acima de dois dígitos.

. Se os leitores continuarem ávidos, 2018 poderá ser um dos melhores anos da história da indústria de livros. Uma das razões para a arrancada são as obras de youtubers, que lideram as listas de vendas. Biografias e livros de história, como o brilhante Sapiens, do israelense Yuval Noah Harari, também estão em alta.

A melhor política social que existe é a criação de emprego”

. Henrique Meirelles,ministro da Fazenda, em evento para empresários em São Paulo


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade