Publicidade

Estado de Minas

Força Sindical diz que Maia continua defendendo votação da reforma no dia 19


postado em 07/02/2018 12:30

Brasília, 07 - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reafirmou o desejo de levar o projeto da reforma da Previdência a votação no plenário no próximo dia 19. A intenção foi comunicada a sindicalistas em reunião na manhã desta quarta-feira, 7, na residência do deputado. Contrárias à reforma, as principais centrais sindicais fizeram apelo para a retirada do projeto da pauta da Câmara, mas não conseguiram o compromisso de Maia.

"O presidente Maia continua defendendo a votação no dia 19", disse o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva (SD-SP). O parlamentar comentou que Maia comentou que o projeto só será retirado da pauta caso o governo perceba que não há votos suficientes.

Aos sindicalistas, Maia disse que, se não houver segurança quanto aos 308 votos necessários, o tema volta ao radar da Câmara depois das eleições de outubro.

Ainda que não tenham obtido o compromisso de Rodrigo Maia de retirar o projeto da pauta, sindicalistas deixaram o encontro com tom positivo. Paulinho comentou que é melhor para o Brasil deixar o tema ser debatido pelo próximo presidente. O mesmo tom foi usado pelas outras centrais que reforçaram o apelo pela saída do projeto da pauta da Casa.

Além da Força Sindical, a reunião contou com representantes da CUT, CSB e UGT, entre outras entidades ligadas aos trabalhadores.

(Fernando Nakagawa)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade