Publicidade

Estado de Minas

Sindigás diz que preço do GLP Industrial ainda é 32,82% acima do importado


postado em 05/02/2018 17:24

Rio, 05 - Apesar da redução do preço do GLP Industrial em 4,6% anunciada nesta segunda-feira, 5, pela Petrobras, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) voltou a reclamar que o preço continua acima do preço do gás importado e mais caro em relação às embalagens de 13 quilos do produto (botijão).

Segundo o Sindigás, após a queda média de 4,6% anunciada pela Petrobras - entre 4,2% e 4,9%, dependendo da região - o preço no mercado interno ficou 32,82% acima da paridade de importação e 35,20% mais caro em relação ao botijão de 13 quilos.

"O Sindigás reforça que falta ainda uma política de preços para o GLP empresarial, o que faz persistir a diferença de preços entre o GLP residencial e o empresarial e, ainda, o ágio cobrado pela Petrobras em relação ao preço praticado no mercado internacional para o produto", disse a entidade em nota.

(Denise Luna)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade