Publicidade

Estado de Minas

Ri Happy abre capital e puxa fila na bolsa

Lançamento de ações de uma das maiores varejistas de brinquedos do país será o começo de uma série de novos negócios que surgem no embalo do bom momento da economia


postado em 29/01/2018 12:00

Com 150 lojas, rede já tem pedido de abertura de capital na CVM. Em 2017, os papéis das estreantes foram os que mais se valorizaram(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press - 18/12/10)
Com 150 lojas, rede já tem pedido de abertura de capital na CVM. Em 2017, os papéis das estreantes foram os que mais se valorizaram (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press - 18/12/10)

São PauloO sucesso da abertura de capital da PagSeguro na Bolsa de Nova York (Nyse) superou todas as expectativas. A oferta de ações, que movimentou US$ 2,3 bilhões na semana passada, foi só a primeira de uma temporada de IPOs de empresas brasileiras que deverão acontecer ao longo deste ano. Todas, é claro, esperam repetir o sucesso da credenciadora de cartões do grupo UOL.

Pelo menos quatro já anunciaram a disposição de abrir o capital ainda no primeiro semestre. A varejista de brinquedos e artigos infantis Ri Happy é uma das que já encaminharam registro para uma oferta inicial de ações à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A operação inclui ações primárias (papéis novos) e secundárias (ações detidas pelos atuais sócios) e será coordenada pelo banco BTG Pactual, junto com o Credit Suisse, Itaú BBA, Bradesco BBI, Goldman Sachs e BB Banco de Investimentos.

De acordo com material preliminar da oferta, os recursos a serem captados na oferta primária serão usados para expansão e investimento em lojas, projetos estratégicos e reforço do balanço e melhoria na estrutura de capital.

A Ri Happy foi fundada em 1988 por um pediatra e um administrador de empresas, especializado em informática. Em 1997, quando a internet ainda engatinhava, os sócios colocaram no ar o primeiro site brasileiro de venda de brinquedos. Hoje, são cerca de 150 lojas espalhadas pelo país, com mais de 200 itens destinados não só às crianças, mas a todas as idades. Em 2012, a empresa foi comprada pelo fundo americano de private equity Carlyle, que adquiriu 100% de seu capital. O fundo tem participações em outras seis empresas no Brasil, e o IPO pode ser uma estratégia de saída da empresa de brinquedos.

Além da Ri Happy, pelo menos outras cinco empresas estão na fila para captar recursos no mercado acionário. Duas na área de saúde: Hapvida, rede de planos de saúde fundada em Fortaleza, Ceará, pelo médico oncologista Candido Pinheiro de Lima, e a NotreDame Intermédica, controlada pelo fundo Bain Capital, que no ano passado chegou a anunciar a abertura de capital, mas desistiu.

O grupo SEB, da área de educação, que recentemente adquiriu a rede de escolas e cursos pré-vestibular de A a Z, no Rio de Janeiro, também vai estrear no mercado acionário em 2018. Durante a coletiva do anúncio da compra da rede de ensino, o presidente do grupo, Chaim Zaer, disse que a opção de lançar ações deverá ocorrer este ano, mas depende da expansão da empresa para uma nova área, o que exigirá recursos superiores a R$ 500 milhões.

Em 2017, nove empresas abriram o capital na B3, o maior número desde 2013, quando 10 companhias realizaram oferta pública inicial de ações. Entre as novatas estão Carrefour Brasil, BR Distribuidora, IRB Brasil, Ihpardini e Azul. Levantamento realizado pela Economatica, provedora de informações financeiras, mostra que o valor das empresas novatas em 21 de dezembro de 2017 era de R$ 81,33 bilhões, ou 2,62% do total de R$ 3,1 trilhões das empresas listadas na Bovespa.

A maior empresa entre as que emitiram IPOs no ano passado foi o Carrefour BR, com R$ 28,9 bilhões, o que a colocou como a 21ª maior companhia de capital aberto no final de 2017. A Petrobras BR ficou entre as 35 maiores. Segundo a Economatica, cinco das nove empresas estão entre as 100 maiores empresas por valor de mercado da Bovespa.

As estreantes também tiveram valorizações bem acima do próprio Índice Bovespa. Pelos cálculos da Economatica, a valorização dos papéis da Ihpardini, empresa da área de serviços médicos e hospitalares, cuja oferta foi realizada em 13 de fevereiro de 2017, chegou a 77% no final do ano. Detalhe: no mesmo período, o Ibovespa registrou alta de 12,20%.

Aberturas de capital em 2017

Empresa                      Valor de mercado
                                         (bilhões de reais)
Carrefour BR .........................28,9
Petrobras BR..........................19,3
Irbbrasil Re............................10,2
Azul S/A...................................8,8
Ihpardini..................................4,1
BK Brasil..................................3,8
Camil.......................................3,1
Movida....................................1,4
Omega Ger..............................1,3

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade