Publicidade

Estado de Minas

Banco do Japão esclarece comentário de Kuroda sobre inflação


postado em 29/01/2018 04:30

Tóquio, 29 - O Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) tomou a rara atitude de esclarecer um comentário de seu presidente, Haruhiko Kuroda, que levou o iene a se fortalecer na sexta-feira (26). Na ocasião, Kuroda disse, durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, que o banco central japonês está "finalmente perto de sua meta (de inflação de 2%)".

Um porta-voz do BoJ afirmou hoje que a fala de Kuroda não foi diferente de seu costumeiro comentário de que a inflação provavelmente atingirá 2% até março de 2020.

O gesto do BoJ sugere que a instituição se preocupa cada vez mais com a forma como os mercados interpretam as falas de Kuroda, em meio à especulação de que o BC estaria se preparando para elevar juros mais adiante. Fonte: Dow Jones Newswires.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade