Publicidade

Estado de Minas

Meirelles diz que falará com Mnuchin sobre entrada do Brasil na OCDE


postado em 23/01/2018 19:48

Davos, 23 - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, levará como tema para a reunião com o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, na quinta-feira, 25, em Davos, a entrada do Brasil na Organização para Cooperação do Desenvolvimento Econômico (OCDE). "Este será o principal assunto, do meu ponto de vista", disse Meirelles sobre um encontro bilateral que os dois terão no Fórum Econômico Mundial. Também no evento, o ministro se encontrará com o presidente da entidade, José Ángel Gurría.

O Brasil espera os membros da OCDE darem o aval para que o país se torne candidato a também se filiar à organização depois de ter formalizado o pedido no meio do ano passado. Em agosto se esperava uma apreciação do tema, assim como em setembro. Mas nada foi definido até agora. Além de Brasil, também aguardam uma resposta Argentina, Peru, Romênia, Bulgária e Croácia.

O Brasil acredita que tem mais chances de integrar a OCDE porque já adota políticas em linha com a Organização. Atualmente, o Brasil já é considerado um parceiro-chave pela entidade. O que se sabe é que os Estados Unidos - principal orçamento do grupo - é contra o ingresso de tantas nações ao mesmo tempo. Por isso, a conversa de Meirelles com Mnuchin sobre o tema. O assunto, de acordo com Meirelles, também foi debatido com o ministro das Finanças britânico, Philip Hammond, na segunda-feira, 22, durante a passagem de Meirelles por Londres. A União Europeia é um principais apoiadores do Brasil nessa disputa.

(Célia Froufe, correspondente)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade