Publicidade

Estado de Minas

Temer levará a Davos mensagem de país que oferece oportunidades a investidor


postado em 19/01/2018 17:00

Brasília, 19 - O porta-voz do presidente Michel Temer, Alexandre Parola, disse nesta sexta-feira, 19, no Palácio do Planalto que o presidente brasileiro vai levar a Davos, na Suíça, na próxima semana, uma mensagem de um país "que superou a crise e voltou a crescer". "O Presidente Michel Temer levará a Davos a mensagem de que o Brasil retomou seu rumo de crescimento e prosperidade, e está cada vez mais preparado para enfrentar os desafios do século XXI. Uma mensagem de um Brasil mais moderno, competitivo e aberto, e que hoje oferece excelentes oportunidades de investimento", disse Parola.

Na próxima quarta-feira, dia 24 de janeiro, Temer participará da 48ª reunião do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça. O presidente discursará em sessão plenária e responderá a perguntas sobre a conjuntura econômica e política do Brasil. Temer também será homenageado em jantar de trabalho oferecido pelo fórum e manterá encontros bilaterais com líderes políticos e empresariais.

Será a primeira vez desde 2014 que o Brasil estará representado pelo presidente. No ano passado, Temer era aguardado, mas cancelou a participação por conta da eleição da sucessão da Câmara e foi representado pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

A ex-presidente da República Dilma Rousseff não foi a Davos em 2016 nem em 2015. A petista, entretanto, participou do Fórum em 2014, ano eleitoral.

O porta-voz destacou que Davos reúne anualmente lideranças políticas e empresariais para discutir os principais temas globais e ressaltou que o presidente vai exaltar os números recentes da economia. "Com inflação controlada a 2,95%, taxa básica de juros de 7% e Ibovespa registrando recorde de 81 mil pontos, o Brasil está recuperando também o emprego", disse. "Os indicadores positivos da economia brasileira são resultado do compromisso do Governo com a agenda de reformas que vem restabelecendo o equilíbrio das contas públicas e dinamizando nosso ambiente de negócios", completou.

O porta-voz destacou ainda que "assim como tem feito internamente, o Presidente ratificará o engajamento do governo com a reforma da previdência, que dará impulso ainda mais vigoroso à retomada do crescimento e do emprego no Brasil", afirmou.

Além disso, segundo Parola, durante o encontro, o presidente apresentará aos investidores o programa "Avançar Parcerias" de concessões e privatizações do governo federal, com ênfase na área de infraestrutura. "Esse programa já permitiu a conclusão de mais de 70 projetos, com estimativa de investimentos da ordem de R$ 142 bilhões. Neste ano, outros 75 projetos serão ofertados, com expectativa de captação de mais de R$ 130 bilhões", afirmou.

Parola disse ainda que a reunião será uma oportunidade de "reafirmação do compromisso do Brasil com o multilateralismo e com uma ordem internacional baseada em regras". "Com espírito de abertura, o Brasil vem buscando maior e melhor inserção na economia mundial."

(Carla Araújo)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade