Publicidade

Estado de Minas

Ativista faz protesto na abertura do Salão do Automóvel

A equipe do cerimonial do Palácio dos Bandeirantes tentou retirar o manifestante do palco, mas o governador Geraldo Alckmin pediu que seus funcionários deixassem o ativista continuar o protesto


postado em 30/10/2014 14:01 / atualizado em 30/10/2014 13:23

Um ativista do Greenpeace realizou um protesto nesta quinta-feira, durante a abertura do 28º Salão do Automóvel. Durante a fala do presidente da Reed Exhibitions (empresa organizadora do evento), Juan Pablo de Vera, o rapaz subiu ao palco com uma faixa "Chega de enrolação. Carros eficientes já" e se posicionou em frente às cadeiras onde as autoridades estavam sentadas, entre elas o governador Geraldo Alckmin (PSDB), o prefeito Fernando Haddad (PT) e o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges.



A equipe do cerimonial do Palácio dos Bandeirantes tentou retirar o manifestante do palco, mas o governador Geraldo Alckmin pediu que seus funcionários deixassem o ativista continuar o protesto. O presidente da Reed, então, continuou no discurso de abertura. Somente após Juan Pablo encerrar a fala os seguranças do evento retiraram o rapaz do palco, que saiu sem demonstrar resistência. O salão abre as portas ao público do Anhembi nesta quinta-feira, 30, às 14 horas, após cerimônia de inauguração.


Publicidade