Publicidade

Estado de Minas

Portugal retorna ao mercado da dívida


postado em 10/02/2014 18:27

Portugal, sob assistência financeira internacional desde 2011, permitiu que seis bancos lançassem "em um futuro próximo" uma emissão de títulos da dívida a dez anos, sua primeira desde maio de 2013, anunciou nesta segunda-feira à AFP a Agência Portuguesa da Dívida (IGCP).


"Um grupo de seis bancos tem mandato para lançar uma emissão da dívida em um futuro próximo. Esta emissão será realizada assim que as condições do mercado permitirem", declarou um porta-voz da IGCP. A emissão deve ser realizada, a princípio, na terça ou na quarta-feira.

Portugal deseja, dessa forma, aproveitar a queda das taxas de juros de seus empréstimos a dez anos a menos de 5% contra 6% no começo de janeiro. Essa emissão da dívida a longo prazo é crucial para Portugal que aspira se libertar de seus credores em maio, quando chega ao fim seu programa de assistência financeira de 78 bilhões de euros, outorgados pela troika (UE-BCE-FMI).

No dia 9 de janeiro, Portugal conseguiu emitir títulos da dívida a cinco anos por uma quantia de 3,25 bilhões de euros a um juro de 4,657%. Em maio de 2013, Portugal emitiu 3 bilhões de euros a dez anos a uma taxa de 5,669%.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade