Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Roteiro bares e restaurantes


postado em 11/01/2019 05:06

Com unidades no Sion e em Lourdes, Albanos produz a própria cerveja(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Com unidades no Sion e em Lourdes, Albanos produz a própria cerveja (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
BARES

ALBANOS

Instalada na cidade há 22 anos, a casa passou por ampla reforma em 2018 e as unidades ganharam diferentes perfis. A do Sion adotou o formato hub cervejeiro, oferecendo também fábrica voltada para produções compartilhadas. A capacidade de produção é de 500 litros diários. Conta com growler station e tem cardápio voltado para petiscos. Uma das atrações para comer é o Quarteto alemão: meio joelho, salsichão pinguim, salsichão de vitela e salsichão defumado acompanhados de mostarda escura (R$ 58, para quatro pessoas). Em Lourdes, funciona o bar conceito com foco na gastronomia, com opções para refeições e pratos que valorizam produtos regionais. É o caso da carne de sereno com mandioca e picles de cebola roxa (R$ 58, para duas pessoas) e da tilápia do Adori, filé grelhado de tilápia gratinado com requeijão e parmesão (R$ 63, para duas pessoas). A bebida vem da fábrica Albanos, que fica no Jardim Canadá. O cliente encontra seis chopes (o pilsen custa R$ 7,50; os demais, R$ 10,50) e há a versão engarrafada (R$ 17,50; 500 ml). Rua Pium-í, 611, Sion. Rua Rio de Janeiro, 2.076, Lourdes. Seg. a sex., 17h/0h; sáb., 12h/0h; dom., 12h/17h. Delivery: (31) 3281-2644. Informações: www.albanos.com.br.
Cc.: todos; wi-fi.

MR. HOPPY BEER & BURGER
Chope artesanal e hambúrguer. Essa é a dobradinha em que a casa aposta. O esquema é informal: o cliente paga e busca o pedido no balcão, sem garçons ou burocracia. Os sanduíches artesanais têm preços acessíveis (a partir de R$ 10), com destaque para o New York duplo: pão australiano, dois hambúrgueres, muçarela e creme de bacon coberto por cebola empanada (R$ 18). Chopes custam de R$ 5 a R$ 25. Sobremesa: porção de minichurros (R$ 10). Rua Montes Claros, 495, Anchieta. Ter. a qui., 18h/0h; sex. e sáb., 18h/1h; dom., 16h/23h. Praça Tiradentes, 41, Funcionários. Ter. a qui., 17h/0h; sex. e sáb., 17h/1h; e dom., 18h/0h. Reservas pelo Facebook e Instagram.
Cc.: todos; wi-fi.

THE MEXICAN GASTRO PUB
Dedicado à culinária mexicana, o cardápio foi elaborado por Daniel Alonso. Com dois ambientes, o pub é decorado com sombreros e as cores daquele país – verde e vermelho. Milho, feijão e abacate são a base das criações do chef. Destaque é o frango Yucatan: filé de frango com marinado especial, lemon pepper, molho de queijos, cebola, pimentão e nachos (R$ 32). Há ainda o choripán, pão ciabatta, linguiça artesanal de pernil assada e molho chimichurri, acompanha guacamole (R$ 25). O jalapeño poppers reúne pimentas jalapeño assadas e recheadas com creme cheddar e muçarela, enroladas com bacon (R$ 25). As pedidas veganas incluem as enchiladas – um tipo de panqueca – servidas com creme de milho e molho mexican sauce (R$ 30). A carta de bebidas oferece as tradicionais tequilas Jose Cuervo (R$ 16,50) e Patrón (R$ 29,40). Entre os drinques está a Margarita flor (R$ 27), preparada com tequila, licor fino, xarope de hibisco, limão e sal. Av. Silviano Brandão, 1.891, Sagrada Família, (31) 2515-2530. Qui. e dom., 18h/0h; sex. e sáb., 21h/5h.
Cc.: (M e V); ar.

RESTAURANTES

CARNES
PARRILLA DEL PÁTIO
Carnes na parrilla são o destaque da casa. Quase todas vêm da Argentina e do Uruguai. Para começar, sugere-se a morcilla (R$ 18), similar ao chouriço. Destacam-se os clássicos bife de chorizo, corte alto do contrafilé (R$ 69), e bife ancho, filé da costela (R$ 73). Para quem gosta de cordeiro, há duas opções: paleta (R$ 145, para duas pessoas, com dois acompanhamentos) ou costeletas (R$ 88, individual). Essas pedidas podem ser combinadas com arroz com brócolis e purê de maçã. Há também peixes, como a truta com arroz de amêndoas (R$ 57, individual). Entre as guarnições mais pedidas está a batata ao creme de queijo roquefort (R$ 22). No almoço ou no jantar executivo, o cliente pode se servir à vontade no bufê de saladas (R$ 19, de segunda a sexta; R$ 39, aos sábados, domingos e feriados). A carta de vinhos lista cerca de 80 rótulos (a partir de R$ 66 a garrafa). Pátio Savassi, Av. do Contorno, 6.061, 3º andar, Savassi. (31) 3288-3181. Seg. a sáb., 11h30/23h; dom. e fer., 11h30/21h.
Cc.: todos; tíq (Alelo); wi-fi; ar; estac.

ANCHO
A casa foi batizada com o nome da parte nobre do contrafilé. Especializada em carnes, trabalha com fornecedores da Argentina, Uruguai e do Sul do Brasil. Oferece duas opções de ancho em peças de 300g: premium (R$ 35) e angus premium (R$ 59). Outra pedida é o chorizo, corte localizado na parte central do contrafilé, com capa de gordura externa (R$ 49; 300g). Essas opções, que servem uma pessoa, podem vir com acompanhamentos individuais, como as porções de arroz (R$ 14), batata frita (R$ 20), batata com gorgonzola (R$ 20), farofa com ovos (R$ 14) e purê de batata-doce (R$ 16). Na seção Compartilhando estão as pedidas mais alentadas: ancho premium (500g de corte fino do filé de costela fatiado sobre pedra; R$ 58) e t-bone angus (500g do corte que compreende o filé-mignon e a parte central do contrafilé; R$ 98). Há várias opções de entradas, como carpaccio de filé ao molho de mostarda dijon e minissalada de rúcula (R$ 28), linguiça de filé de costela angus com chimichurri e farofa de torresmo (R$ 32), croc baiano (pastel artesanal recheado com bobozinho de camarão; R$ 34, oito unidades) e papas rústicas (batata-canoa, bacon e molho gorgonzola; R$ 26). Rua Vitório Marçola, 158, Anchieta. (31) 3656-0473. Ter. a sex., 18h/0h; sáb., 12h/0h; dom., 12h/18h.
Cc.: todos; wi-fi; vin.

CIA DO BOI
Assada na churrasqueira, a carne é finalizada na chapa com pasta de manteiga, alho, cebola e sal. Além da tradicional picanha (R$ 15,90; 100g), o restaurante oferece frango com catupiri (R$ 8,79; 100g), baby beef (R$ 10,99; 100g) e bife de chorizo (R$ 10,99; 100g). Para acompanhar, pode-se optar por arroz com brócolis e alho (R$ 19,25) ou batatas fritas (R$ 20,95) – ambos em porções para três pessoas. Há três saladas: mista (R$ 33,90), de palmito (R$ 33) e de brócolis com alho (R$ 14,90). O chope custa R$ 7,95 (300ml). Cervejas a partir de R$ 10,98 (600ml). Rua Pium-í, 653, Anchieta. (31) 3287-9103. Seg. a sex., 12h/15h e 18h/0h; sáb., 12h/1h; dom. e fer., 12h/23h.
Cc.: todos; tíq (exceto Vale-Refeição); ar; vin.

VARIADO

BAIXO LOURDES
Entre as entradas, destacam-se a porchetinha do Gael (barriga de porco desidratada à pururuca, acompanhada de tartate de banana, couve e limão; R$ 28), e o escabeche vegano (berinjela, cebola, tomate, cheiro-verde, alho, louro e azeitona preta; R$ 20). Sobremesas: Iced fries (batata frita à base de mel e manteiga com sorvete do dia; R$ 25) e torta fondant de chocolate com sorvete do dia (R$ 25). Há ainda mix de robatas (camarão, polvo, cogumelo e minicenoura; R$ 60) e arroz de defumador (arroz, bacon da casa, brisket e pulled pork cozidos em caldo de carne, acompanhados de tartare de banana e ovo confitado; R$ 35). Para beber, há cerveja (a partir de R$ 8, long neck), chope artesanal (a partir de R$ 8, pilsen). Drinques a partir de R$ 15. O Moscow mule leva vodca, ginger ale, suco de limão e espuma de gengibre (R$ 25). Rua Gonçalves Dias, 1.922, loja 3, Lourdes. (31) 3566-4700. Ter. e qua., 18h/0h; qui. a sáb., 12h/0h30; dom., 12h/18h.
Cc.: todos; tiq (Alelo e Sodexo); wi-fi.

LA PALMA
Comandada pelos chefs Ivo Faria e Naiara Faria, a casa é misto de restaurante e pizzaria, com ambiente informal. As redondas (30cm) são assadas em forno a lenha e somam cerca de 30 opções – das tradicionais (calabresa; R$ 43,54, tamanho médio) às especiais (salmão defumado com pimenta-rosa e manteiga de limão com alcaparras; R$ 59, tamanho médio). Para petiscar, mandioca cremosa (R$ 24). Entre os pratos, destaca-se o ossobuco de cordeiro com batata lyonnaise (R$ 57). O filé de tilápia saint peter ao molho campestre é outra pedida. O filé grelhado de tilápia vem com molho de moqueca de banana-da-terra, arroz, gergelim e salsinha na manteiga negra (R$ 82). Para beber, tem chope (a partir de R$ 8,90), cerveja long neck (a partir de R$ 8,50), 17 marcas de cachaça (a partir de R$ 11 a dose) e cerca de 50 rótulos de vinho (a partir de R$ 78 a garrafa). Rua Professor Jerson Martins, 146, Aeroporto (Pampulha). (31) 3441-4455. Ter. a qui., 11h30/0h; sex. e sáb., 11h30/1h; dom., 11h30/18h.
Cc.: todos; del; wi-fi; estac; manob (apenas à noite).

SORVETES

BACIO DI LATTE
Instalada em shopping centers, a sorveteria paulista ganhou sua primeira loja de rua na cidade, num casarão do Bairro de Lourdes. Especializada em gelatos italianos, é comandada pelos irmãos Gigi e Edoardo Tonolli, nascidos em Milão. O sorvete de pistache é o preferido da clientela de BH, revela Edoardo. Em seguida, vêm os chocolates. Diariamente, são produzidos 20 gelatos. Entre eles estão o Bacio di latte (à base de leite e creme de leite), 3 cioccolati (três chocolates à base de cacau de origem africana de sabor intenso com pedacinhos de biscoito), o cioccolato belga (o favorito entre os chocolates, à base de cacau africano processado na Bélgica), o lilla (com iogurte e frutas vermelhas) e nocciola (gelato de avelãs). O cliente pode escolher até três sabores em cada copinho. São quatro tamanhos: pequeno (R$ 12), médio (R$ 14), grande (R$ 17) e massimo (R$ 25), esse último para quatro gelatos. Quem preferir levar para casa tem à disposição potes de 500g (R$ 50) e 1kg (R$ 87). A casa também prepara produtos sem lactose, sem glúten e zero açúcar. Rua Curitiba, 2.227, Lourdes. (31) 2531-6468. Dom. a qui., 11h/23h; sex., 11h/0h; sáb.,10h/0h.


FRUTOS DO BRASIL
Oferece cerca de 50 opções de sorvetes e picolés artesanais. Alguns produtos têm até 80% de polpa e não levam açúcar nem lactose. Entre os sabores estão mangaba, jaca, araticum e cajá-manga. O trio campeão de vendas é graveola, pequi e milho-verde. Também se destacam os sorvetes ninho trufado, doce de leite, leite condensado e iogurte com frutas vermelhas. A maioria dos sabores está disponível em picolés (R$ 4,90) e sorvetes (R$ 6,99/100g; R$ 8,99/100g, light). Picolés especiais custam R$ 5,90. É o caso da linha premium, que leva cobertura de chocolate nos sabores baru, coco, cupuaçu, maracujá, melão italiano e morango. Qualquer sorvete pode virar milkshake (R$ 13,90). A casa também vende açaí (R$ 10/300ml; R$ 11/500ml; R$ 20/1l), acompanhado de banana e granola. Rua Pouso Alegre, 873, Floresta, (31) 2514-5792. Seg. a dom., 12h/19h.
Cc.: apenas débito; tíq (Alelo); ar.

ZENON
Sorveteria tradicional do Bairro Horto. Está instalada em frente a residência do proprietário, Zenon Barbosa, que atende à clientela ao lado das filhas. Chamam a atenção os sorvetes de amendoim e de pequi, sem aromatizantes ou saborizantes. Os de framboesa, abacaxi e de banana caramelada estão entre os preferidos. A bola custa R$ 3. Há opções zero açúcar nos sabores amendoim, chocolate, coco, creme e morango (R$ 3,30 a bola). Fabrica 15 picolés diferentes, com destaque para os de abacaxi, goiaba, limão, manga e maracujá (R$ 1,80 cada). Rua São Marcos, 771, Horto. (31) 3481-3740. (31) 98895-2852. Seg. a sex., 10h30/20h; sáb. e dom., 10h30/21h.Cc.: apenas débito; ar.



Publicidade