Publicidade

Estado de Minas

Segundo dados, Portugal é líder no consumo de vinho per capita


postado em 10/01/2018 16:15

De acordo com um relatório da OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho), referente ao ano de 2015, Portugal é o país com maior consumo de vinho per capita. Na média, cada um dos habitantes consome 54 litros por ano, seguido dos franceses, com 51,8 litros.

Também na média, é como se todos os portugueses com mais de 15 anos de idade tomassem uma taça de vinho por dia. Porém, se os visitantes do país também fossem contabilizados, então os números tenderiam a crescer muito, já que o número de visitantes por ano supera o de portugueses.

Na terceira posição da lista aparece a Itália, mas com um consumo bem menor se comparado aos que lideram o ranking, de 41,5 litros. O top 5 é completado pela Suíça (40,3) e pela Áustria (32,4).

Curiosamente, a Argentina, que aparece em sexto, com 31,6 litros per capita, empatada com a Bélgica, é o único país não-europeu entre os 13 primeiros colocados.

O ranking já fica diferente no que tange aos países com maior consumo geral da bebida. Os Estados Unidos lideram a lista, com 3,11 bilhões de litros por ano, seguido de França (2,72 bilhões), Itália (2,14 bilhões), Alemanha (1,96 bilhão) e China (1,62 bilhão).

Consumo total de vinho no mundo

O país que produz mais vinho em todo o mundo é a Itália. Depois, aparecem na lista França, Espanha e Estados Unidos. No consumo total, Portugal aparece apenas na 12ª posição, com 480 milhões de litros de vinho consumidos no ano de 2015.

Curiosamente, a China é o sexto maior produtor de vinho do mundo, mas seu consumo per capita é bem baixo, de apenas 1,4 litro. É como se o consumo fosse de pouco mais de 4 mL por dia, embora deva-se levar em consideração que a população chinesa é enorme, com aproximadamente 7 bilhões de pessoas.

Ao tomar o consumo absoluto da bebida no mundo, os Estados Unidos ainda lideram, com 13% do consumo global. É como se a cada 8 taças de vinho consumidas no mundo, uma delas fosse nos Estados Unidos.

O segundo maior consumidor absoluto de vinho é a França, com 11%. Na sequência, aparecem Itália (9%), Alemanha (8%) e China (7%). A soma das porcentagens dos 5 maiores consumidores absolutos de vinho representa 48% do total global, ou seja, quase metade do consumo mundial.

Tendências no consumo da bebida

A pesquisa da OIV também permitiu que fossem observadas algumas tendências no consumo de vinho em todo o mundo, uma observação bastante interessante.

O consumo per capita dos países que tradicionalmente são consumidores de vinho, como França, Itália, Alemanha e Espanha, está diminuindo com o passar do tempo, mas já apresentam um consumo tão elevado que ainda demorará muito para que as primeiras posições do ranking eventualmente mudem.

Já os mercados considerados maduros, como Canadá, Austrália, Estados Unidos e países nórdicos, devem manter-se estagnados a médio ou longo prazo, ou com um aumento bem leve no consumo.

Os países cujo consumo está em alta, como Brasil, Japão, China e Coreia do Sul devem crescer a médio e longo prazo, mas como partem de bases de consumo por cabeça baixas, ainda demorará um certo tempo até que sejam mais representativos nos rankings.

Os países emergentes, como Índia, Nigéria e México, apresentam um crescimento notável, mas o consumo também é relativamente baixo até o momento.

Maiores exportadores de vinho

No que se refere aos países que mais exportam vinho no mundo, os países do Velho Mundo ainda são os que mais se destacam. Espanha, Itália e França, por exemplo, exportam mais da metade de todo o vinho consumido no mundo.

O ranking dos países que mais recebem pelo produto é ocupado pelos mesmos 3 países, mas com a diferença de que o líder passa a ser a França, cujo montante (8,2 bilhões de euros) é bem maior do que o da Itália (5,3 bilhões de euros), mesmo com a menor produção.

Quanto ao volume de vinho exportado por Portugal, o país ocupa a nona posição, com 280 milhões de litros. O montante arrecadado foi de 734 milhões de euros em 2016, ou seja, aproximadamente EUR 2,60 por litro.

Quem quiser aprender mais sobre o vinho do Porto e demais tipos de vinho português encontra no blog do Eno Gourmet Premium uma série de informações interessantes sobre o assunto, bem como dicas sobre a culinária de Portugal.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade