Publicidade

Estado de Minas

As diferenças entre o açúcar light e o adoçante


postado em 03/01/2018 15:45

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Algumas pessoas precisam reduzir a ingestão de açúcar, porém não conseguem se adaptar ao gosto dos adoçantes. Nesses casos, o açúcar light pode ser uma opção. Segundo a nutricionista Aline de Andrade , o produto, também chamado de açúcar magro, é uma mistura do açúcar comum (sacarose) com adoçante (edulcorante), e adoça duas vezes mais do que o açúcar normal.

Sendo assim, o indivíduo vai utilizar metade do produto para adoçar e vai conseguir ingerir até 70% menos calorias, explica a nutricionista. Porém, a nutricionista alerta que é preciso diminuir a quantidade para ter o resultado. Será necessário apenas uma colher, ou meia, se antes eram usadas duas colheres de açúcar. A nutricionista lembra que as vantagens do uso do açúcar light aparecem apenas para as pessoas que usavam açúcar comum antes, além de ressaltar que o açúcar light também não é recomendado a pessoas com diabetes.


Vantagens do açúcar light:

O sabor é bem parecido com o do açúcar comum, não deixa sabor residual comum de adoçantes em geral. Pode ser utilizado para cozinhar e se mantém estável em altas temperaturas.


Desvantagens do açúcar light:

Contém calorias, se consumido em excesso não auxilia na perda de peso. Não deve ser usado por diabéticos, pois possui açúcar comum (sacarose) na sua formulação.


Existe algum benefício no consumo de adoçantes em vez do açúcar?

Os adoçantes quando comparados com o açúcar podem trazer benefícios quando indicados para pessoas que precisam restringir calorias da dieta habitual, ou quem precisa substituir totalmente o açúcar, como no caso dos diabéticos. Durante um período de restrição calórica para perda de peso por exemplo, os adoçantes podem ser utilizados por não conterem ou praticamente não conterem calorias. No entanto, se o indivíduo não possui nenhuma patologia como diabetes, ainda existem outras condutas preferíveis ao uso de adoçantes artificiais para redução do peso. Ainda assim, se a utilização for necessária, o melhor é optar pelas versões naturais dos mesmos, como o Stevia.


A nutricionista separou algumas dicas rápidas sobre adoçantes:

- Evite ingerir um excesso de produtos diets (gelatina, pudins, refrigerantes, etc.).
- Dê preferência a sucos de frutas naturais.
- Utilize os adoçantes para substituir o açúcar sempre com moderação, na mínima
quantidade possível.
- O uso de qualquer adoçante dietético não é recomendado para grávidas e lactantes.
- Se for adoçar com adoçante escolha aqueles como Stevia, que é um edulcorante natural.

Website: http://www.alinedeandrade.com.br/carboidratos-complexos-vs-carboidratos-simples/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade